Juliana Paes: "Sempre fui muito namoradeira"

No ar como a Carolina, de Totalmente Demais, novela exibida na Globo na faixa das 19h, Juliana Paes vem chamando a atenção não apenas pela forma física invejável mas pelo figurino incrível da personagem. Ela contou ao jornal O Dia que dá sua opinião em relação as peças.

“Meus palpites são mais na relação do conforto, né? Tem peças que são muito bonitas, mas não são confortáveis… Uma vez só que eu disse que a roupa estava me apertando demais. Fiquei muito feliz com o figurino porque são roupas que me valorizam, que marcam bem a minha cintura… Acho que é a primeira vez que eu estou fazendo um personagem contemporâneo e que eu tenho vontade de levar o figurino para casa!”.

Apaixonada por sapatos e bolsas, a atriz afirmou que seu closet está vazio.

“Depois do bazar que eu fiz com a Preta Gil, meu armário está vazio. Mas eu estou orgulhosa de mim! Mas não me arrependo! Eu procuro, depois lembro que eu dei e penso: fiz bem porque eu usava pouco. Mas hoje eu devo ter uns 70 pares entre tênis e sandalinhas. Sou uma pessoa que gosta de consumir, mas eu não sou acumuladora: quando compro uma sandália nova, tiro outras que estavam no meu armário para doar. Tenho duas irmãs e uma penca de amigas para dar! E ainda gosto de participar dos bazares beneficentes porque isso me faz bem”.

Entre as roupas da atriz, só há uma restrição: camisola preta. Juliana não usa de jeito nenhum!

“Não durmo nunca de camisola preta! É uma superstição da minha avó! Ela falava que o anjo de guarda não gosta que a gente durma de preto. Tenho, mas eu não durmo com ela! Tiro antes de dormir, até porque renda incomoda muito. Uso só para fazer presença mesmo”.

Consagrada como atriz, Juliana revelou ao jornal O dia que tem outra paixão e exerceria uma profissão inusitada, se não estivesse atuando.

“Eu seria maquiadora, com certeza! Eu sei fazer e faço bem! É o que me dá prazer igual a atuar”.

Na trama das 19h, Carolina sofre muito or amor e vive numa busca frenética por constituir uma família. A atriz contou que nunca passou or isso.

“A Carolina sofre muito porque o Arthur (Fábio Assunção) é um galinha. Eu, Juliana, sempre fui muito namoradeira, no sentido de namorar por longos períodos, então, eu não tenho muita referência desse sofrimento. Se eu falar para você que senti dor de cotovelo, vou estar mentindo. Já terminei relacionamento e fiquei chateadinha, mas eu não peguei meu namorado me traindo, sabe? Nunca vivenciei a dor de cotovelo mesmo. É uma experiência que, às vezes, me faz falta para trabalhar. Todas as vezes em que terminei um relacionamento, eu já havia esgotado todas as possibilidades e isso me permitiu sofrer menos. Aquele sentimento da dor, do arrependimento, eu não tenho. Sempre saí dos relacionamentos pensando que não era mais para ser”.

Casada com o empresário Carlos Eduardo Baptista, Juliana contou ao jornal que ainda recebe cantadas na rua.

“As cantadas existem, sim. São bem mais veladas e, definitivamente, bem mais escassas”.

Mãe de Pedro, de 5 anos, e Antonio, de 2, a atriz não pensa em aumentar a prole.

“Sempre tive a intuição que seriam dois meninos. Lembro que escrevi uma cartinha para o (marido) Dudu falando: ‘Amor, eu acho que é um menino de novo’. Nunca sonhei com uma menininha porque eu já sabia que eram meninos. Mas não sou de verdades absolutas. Se daqui a três anos me der vontade de embarrigar de novo… Por enquanto, a fábrica está fechada”.

Juliana Paes é nomeada porta-voz da ONU Mulheres Brasil
Marina Ruy Barbosa e Juliana Paiva se divertem juntas
Juliana Paes estrela campanha de Natal
Juliana Paes e Preta Gil promovem bazar beneficente no Rio

Tudo sobre o mundo dos famosos, novelas, festas e TV, você encontra em O Fuxico!

Fonte: OFuxico.com.br
Matéria Originalmente postada pelo site O Fuxico

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *