Últimas

Patrocínio é publicado e CRB vai receber R$ 1 milhão da Caixa Econômica

A edição do Diário Oficial da União desta terça-feira (19) trouxe a publicação dos clubes que irão receber o patrocínio da Caixa Econômica Federal em 2016. O CRB é o único time da Série B teve a renovação anunciada e vai receber R$ 1 milhão até o final da temporada.

O processo licitatório para confirmação do patrocínio foi feito por contratação direta com inexigibilidade de licitação, de acordo com a Lei 8.666/93, no processo AP 37/2016.

Com a publicação, o CRB irá receber a quantia de R$ 1 milhão até o final da temporada 2016. Isso representa o dobro do que o clube alagoano recebeu no último ano, o que representa um crescimento e reconhecimento das campanhas do clube nas competições de nível estadual, regional e nacional.

Garantido com o patrocínio da Caixa Econômica em 2016, o CRB é o único time que disputa a Série B, a renovar contrato com a instituição financeira. Ainda não foi informado se essa publicação será a final para recursos, uma vez que mais clubes recebiam o patrocínio na temporada passada.

Foto: Divulgação/Caixa

Foto: Divulgação/Caixa

A assessoria de comunicação da Caixa Econômica Federal informou que foram investidos no futebol, R$ 83 milhões. Mesmo sem informar, a instituição financeira parece ter optado por reduzir o número de clubes. Até o momento, apenas Flamengo (RJ), Cruzeiro (MG), Atlético Mineiro (MG), Atlético Paranaense (PR), Coritiba (PR), Chapecoense (SC), Figueirense (SC), Sport (PE), Vitória (BA) e CRB (AL), com contrato vigente até o dia 31 de dezembro. Ainda existe uma negociação em curso para renovação de contrato com o Corinthians.

Durante o final de semana, o presidente regatiano, Marcos Barbosa já havia confirmado a renovação de contrato, que seria assinada durante esta semana. Este ano, o CRB irá disputar o Campeonato Alagoano, a Copa do Nordeste, a Copa do Brasil e o Brasileiro da Série B.

Foto: Thiago Davino

Foto: Thiago Davino

Escrito por: Paulo Chancey Junior

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *