Prefeito é citado em investigação de exploração sexual de menores no Sertão

Secretários municipais, médicos, empresários, políticos e até o prefeito da cidade de Ouro Branco, no Sertão alagoano, estão sendo investigados pelo Ministério Público Estadual (MPE) por participação em casos de exploração sexual de menores na região do Sertão do estado de Alagoas.

O MPE solicitou à Polícia Civil a abertura de um inquérito para dar início as investigações. De acordo com as primeiras informações colhidas pela equipe de reportagem do Portal 7 Segundos, são alvos das denúncias o vereador Sávio Pereira Silva (PDT), conhecido na região como “Sávio Izidio“; o secretário de Infraestrutura do município, Mauro Fernandes, alguns comerciantes, médicos e do próprio prefeito Atevaldo Cabral (PMDB).

Em entrevista ao Portal 7 Segundos, o promotor da Comarca de Olho D’Água das Flores, Napoleão Amaral Franco, responsável pela ação, informou que familiares das vítimas teriam relatado que menores de idade estariam sendo aliciadas por pessoas influentes na cidade.

O MPE aguardará a conclusão do inquérito para analisar as provas e decidir se realizará denúncia formal sobre o caso. Se as investigações da PC confirmarem a participação do gestor no crime, oMPE encaminhará cópia do inquérito ao Procurador Geral e Justiça, Sérgio Jucá, para que as medidas pertinentes sejam devidamente tomadas. Como prefeitos tem foros privilegiados, é de responsabilidade da PGJ a análise.

O caso será investigado pelo delegado Gilson Melo, que informou que deve concluir a apuração e interrogatórios num prazo máximo de 15 dias.
Por: 7 Segundos

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *