Últimas

Rui diz que é naturalmente candidato e que não vê motivos para mudar vice

No entanto, prefeito afirma que discussões políticas com partidos da base só terão início depois do carnaval

 

O prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB), afirmou, nesta quarta-feira (6), durante entrevista à Rádio Gazeta, que, embora as discussões sobre a eleição deste ano não tenham sido iniciadas, ele “não vê motivos” para mudança na composição da chapa que saiu vitoriosa em 2012, com Marcelo Palmeira (PP) como vice.

“Naturalmente, sou candidato à reeleição, mas é preciso cumprir um processo legal, o qual inclui as convenções do partido. Não teria motivos para mudar o vice. Tenho uma boa relação com o Marcelo [Palmeira] e, inclusive, ele assumiu a prefeitura em alguns momentos, ao longo desses últimos anos”, ressaltou o prefeito.

Sobre a possível indicação de Kelmann Vieira para a função, numa composição com o PMDB, Rui Palmeira afirmou que não existe nada de concreto e que tudo não passa de especulação. De acordo com ele, as discussões sobre as eleições com os partidos que integram a base aliada só terão início em fevereiro, após o carnaval.

“Mantenho uma boa relação com o presidente da Câmara, e a prova é que ele assumiu a prefeitura como parte das comemorações do aniversário de 200 anos de Maceió. Mas, a possível indicação do Kelmann para o cargo de vice não passa de especulação. Não há nada de concreto”, acrescentou Palmeira.

Os boatos de que Kelmann Vieira ocuparia o cargo de vice ganharam força após ele assumir a prefeitura durante 11 dias em dezembro, quando Rui Palmeira e Marcelo Palmeira se licenciaram, respectivamente, dos cargos de prefeito e vice.

UPA do Trapiche

Durante a entrevista, Palmeira informou que a inauguração da UPA do Trapiche, prevista para este mês, só deve acontecer em fevereiro. Segundo ele, o adiamento se deve ao atraso no repasse de recursos por parte do governo federal.

O custeio da UPA é de aproximadamente R$ 1 milhão. O governo federal participa com R$ 500 mil e os governos estadual e municipal entram com R$ 250 mil cada.

 

Por Eduardo Almeida

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *