Últimas

Afastado, zagueiro rebate presidente do Bahia e sugere debate na TV

Gabriel Valongo não gostou nada das críticas que recebeu do presidente Marcelo Sant’Ana. Na última quarta-feira, o mandatário tricolor, através do Twitter, respondeu perguntas de internautas e falou sobre o afastamento do zagueiro. Entre algumas frases, disse que o jogador estava acima do peso e que ele fez duas partidas péssimas com a camisa do Bahia.

Ainda afastado e treinando separado do elenco tricolor, Gabriel Valongo, através de sua assessoria de imprensa, publicou uma resposta para o presidente e sugeriu uma conversa ‘olho no olho’ para resolver a situação, ou até mesmo um debate na TV. Ele disse ainda que há tempos vem tentando uma reunião com Marcelo Sant’Ana, mas não consegue.

Veja a resposta de Gabriel Valongo na íntegra:

“Fico muito chateado pela forma como o presidente do Bahia, Marcelo Sant’Ana, vem tratando minha situação. Através das redes sociais e somente nelas o presidente coloca informações sem o contexto. Desde que estou no Bahia posso garantir à Nação tricolor que de minha parte nunca faltou dedicação e vontade para trabalhar e conseguir resultados tão esperados pela torcida. Já ouvi dizer que ele falou que não me importei pelo não acesso do clube e até fiz pouco caso da situação. Se é que falou isso é uma enorme mentira. Quem é o jogador que não quer vencer, que não quer ganhar, que não quer conquistas, que não quer títulos? 

Lamento o que vem acontecendo sobre todos os aspectos. Estou sendo muito prejudicado profissionalmente e, se hoje estou acima do peso, é que desde janeiro estou afastado pelo presidente Marcelo Sant’Ana. Em virtude disso não posso trabalhar no ritmo dos demais atletas. 

Por várias vezes solicitei aos diretores uma reunião com o presidente. Sempre recebi a negativa nessas tentativas que fiz. Gostaria de sentar com ele e olho no olho entender porque me trata desta forma e tem tanta raiva de mim. Sou homem, sei que também tenho meus defeitos, mas não é justo o tipo de tratamento que estou recebendo. 

O presidente fala através das redes sociais e fica me empurrando uma série de situações sem defesa. 

Prefiro conversar com ele nem que seja através de um debate, em qualquer emissora, a qualquer hora. Assim, frente a frente cada um vai expor a sua verdade”.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *