Últimas

Algoz de Nadal vence após paralisação de 3h30 e é campeão do Aberto do Rio

 No dia seguinte a um jogo de mais de 3 horas que o classificou para a final do Aberto do Rio ao vencer Rafael Nadal, o uruguaio Pablo Cuevas voltou a sofrer com a chuva neste domingo (21), na decisãol do torneio contra Guido Pella. Depois de 3h30 de paralisação por causa da chuva, Cuevas levou a melhor em duelo difícil contra o argentino e ganhou o título da competição por 2 sets a 1, parciais de 6/4 e 6/7 (5-7) e 6/4. 

“É o quarto título de minha carreira. É especial por ter vencido o Nadal na semifinal. O Pella é um bom jogador. Hoje foi uma grande partida. Eu achei que joguei bem demais e o serviço ajudou o jogo todo. No segundo set perdi um pouco o foco e felizmente consegui recuperar no terceiro e vencer”, disse Cuevas ao SporTV em português.

Cuevas ainda falou sobre estar na Rio-2016. “Depende de me classificar. Com esse 500 pontos, eu devo me classificar, mas é quadra rápida, eu prefiro o saibro. Em 2012 eu não pude ir por causa de lesão, mas agora eu vou com muita energia”, completou o uruguaio. 

A chuva fez com que parecesse eterno. No primeiro set, quando a partida estava 3/3, uma tempestade caiu sobre o Rio de Janeiro, o brigando que o duelo fosse paralisado por 3h30, retornando apenas às 22h30.

Nos números, os dois tenistas tinham se enfrentado muitas vezes, apenas duas, com uma vitória para cada. Guido Pella tem apenas 25 anos e agora está aparecendo no esporte. Foi surpresa no Aberto do Rio. O argentino é o 71º do ranking mundial. Enquanto isso, o uruguaio ocupa a 45ª colocação e chegou credenciado à final por ter derrotado Rafael Nadal.

O jogo

A paralisação foi apenas para adiar a vitória de Cuevas. Com um belo primeiro set, o uruguaio fechou em 6/4. Foram sete aces do jogador na primeira etapa, contra apenas um de Pella. Pablo Cuevas também conseguiu salvar dois break points do argentino, que foi quebrado em uma ocasião.

Guido Pella voltou para o segundo set mais firme e chegou a ficar na frente de Cuevas em vários momentos. O saque era a grande arma do uruguaio para conseguir confirmar o título, mas Pella também não desistiu e levou a etapa para o tie-break, vencendo o desempate. 

Cuevas e Pella voltaram para o terceiro set ainda mais de igual para igual. Os dois disputaram cada game de jogo. O uruguaio conseguiu passar à frente no placar apenas no sétimo game do último set e contou com um erro do argentino para fechar em 6/4 e conquistar o título. 

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *