Últimas

Amistoso que pouca gente viu fez 5 "vítimas" no Corinthians de Tite

Uma ventania desproporcional em Fort Lauderdale, na Flórida, fez com que o amistoso entre Strikers e Corinthians, no último dia 23 de janeiro, não fosse transmitido para o Brasil. Nas arquibancadas, o público não foi nem de longe o visto normalmente nos jogos do clube: apenas 2.151 presentes. Porém, o jogo, que acabou empatado em 0 a 0 e teve um nível técnico baixo, não passou despercebido aos olhos de Tite e da direção corintiana.

Em processo de mutação nas primeiras semanas da temporada, pela saída de vários atletas e chegada de novos reforços, o elenco do Corinthians teve cinco jogadores de certa forma descartados dos planos, a curto prazo, por conta do jogo em Fort Lauderdale. Naquele dia, Tite não escalou seus titulares na partida contra uma equipe de segundo escalão dos Estados Unidos.

O UOL Esporte lista abaixo os cinco atletas que não tem o que comemorar o desempenho no amistoso nos Estados Unidos:

MOISÉS
Lateral de origem, ele foi improvisado na função de Renato Augusto ao longo de toda a pré-temporada. Egresso do Bragantino, sofreu diante dos Strikers. Sem familiaridade no meio, também demonstrou nível técnico inferior ao do elenco campeão brasileiro. Sem espaço na lateral, foi cedido ao Bahia.

GUSTAVO VIERA
Entre os profissionais desde junho de 2015, o meia paraguaio recebeu sua primeira oportunidade concreta, mas foi sacado por Tite no intervalo. Em ritmo abaixo dos demais, Viera errou muitos passes e apareceu pouco em campo. Como muitos jovens da base corintiana, acabou emprestado dias depois. Jogará este ano pelo Rúbio Ñu-PAR.

MENDOZA
Depois de mais uma passagem pela Índia, voltou de empréstimo e novamente não agradou. O colombiano havia tapado buraco como centroavante no início da pré-temporada, mas em Fort Lauderdale voltou à posição de origem e expôs nível técnico muito ruim. Ficou de fora das relações do Paulista e Libertadores. Ao contrário do que havia afirmado o ex-superintendente de futebol Andrés Sanchez, não foi vendido à França.

CRISTIAN
As lesões o atrapalharam nos últimos dois anos e reapareceram na primeira chance de 2016. Contra o Strikers, Cristian sentiu problema na panturrilha e pediu para ser substituído. Tite então decidiu que o melhor caminho para ele, quase sempre em ritmo abaixo dos demais, era ser emprestado. Fora do Paulista, foi inscrito de surpresa na Libertadores.

ALAN MINEIRO
Adquirido sem o aval da comissão técnica, o ex-jogador do Bragantino mostrou forma física ruim na volta das férias. Ficou de fora da Flórida Cup, mas ganhou chance diante dos Strikers. Para os presentes, ficou evidente o sobrepeso do meia, por ora ausente da relação do Paulista. Tite prometeu uma chance se ele emagrecer.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *