Após tropeços, Zé Roberto defende o Palmeiras: 'Não perdemos no ano'

Os empates contra São Bento (2 a 2) e Oeste (0 a 0) deixaram a torcida do Palmeiras insatisfeita, mas o capitão Zé Roberto segue otimista. Apesar de admitir a necessidade de melhorar, o veterano lembrou que o time não perdeu nenhuma de suas cinco partidas na temporada: uma vitória e dois empates no Paulistão, além de uma vitória e um empate na Copa Antel, torneio amistoso disputado no Uruguai.

– Nesses cinco jogos o Palmeiras não conseguiu repetir a escalação ainda. Se eu estiver errado, vocês me corrijam, mas também não perdeu e tomou só dois gols. Temos tudo para ter uma sequência muito boa a partir de sábado e também na terça-feira – disse o jogador, ao ser questionado sobre o possível prejuízo de ter mudanças na escalação em todas as partidas.

Libertad (PAR), Nacional (URU), Botafogo-SP e Oeste não conseguiram vazar a defesa palmeirense nesta temporada, ponto destacado pelo veterano. Além disso, a saída de bola com menos chutões também tem agradado.

– Sem sombra de dúvida, hoje a gente já consegue ter um padrão de jogo com toque de bola, fazer a transição da defesa para o meio e depois ao ataque. Ano passado a gente teve muita dificuldade, sempre alongando a bola, quebrando as linhas direto. Hoje conseguimos ter mais a posse de bola e neutralizar a defesa das equipes – disse.

Zé Roberto deve ser um dos vários poupados por Marcelo Oliveira no jogo contra o Linense, às 17h deste sábado, pela quarta rodada do Campeonato Paulista, no Allianz Parque. Na terça-feira, a equipe inicia a briga pelo título da Libertadores contra o River Plate (URU), fora de casa.

– Acho que faltam alguns fatores importantes (ao time). Não posso deixar de falar do entrosamento, no sentido de buscar a melhor performance a cada jogo. Jogamos cinco jogos até agora, acho muito pouco para aquilo que a gente tem em mente para esse ano. A expectativa é muito grande, não só nossa, dos jogadores, mas da torcida, do clube – concluiu Zé Roberto.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *