Últimas

Após um mês, "BBB16" tem menor nº de TVs ligadas desde 1ª edição

Cerca de um mês após a estreia da 16ª edição no Brasil, o “Big Brother” continua líder isolado de audiência, mas, do ponto de vista do que já teve de público no passado, está em decadência. O programa perde cada vez mais público, tanto em pontos de audiência como na participação dentro do universo de TVs ligadas (o chamado share).

Segundo dados consolidados obtidos pela coluna, até ontem, na Grande São Paulo, a média do programa é de 37,8% de share (é a % de TVs ligadas que estão vendo o programa). É bastante, claro, mas é o menor índice já registrado desde a estreia do reality na Globo, em 2002.

É 1,2 ponto percentual a menos que a edição do ano passado, até então a pior marca.

Em pontos de audiência a coisa também não é comemorável. Até ontem a média era de 23,3 pontos –só maior que pontuação em 2015 (22,8). Cada ponto na Grande SP equivale a 69,4 mil domicílios sintonizados. 

Para se ter uma ideia, o “BBB” hoje registra quase 20 pontos de audiência a menos do que marcava 10 anos atrás. Em share, a participação do “BBB” no universo de ligados também caiu quase 37% desde 2006.

Mas, apenas para deixar claro, o reality continua líder impávido na TV aberta e também nos minutos em que é exibido no Multishow, na TV paga.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *