Últimas

'Artigos Instantâneos' do Facebook já lucram tanto quanto sites comuns

Parceiros do Facebook no Artigos Instantâneos, recurso que permite o carregamento de páginas até 10 vezes mais rápido do que o comum, estão satisfeitos com o acordo. De acordo com o Wall Street Journal, muitos veículos afirmam que a ferramenta está gerando o mesmo lucro em anúncios do que seus sites comuns.

Em dezembro de 2015, muitos editores se queixaram das regras de inclusão de publicidade, o que fez com que o Facebook relaxasse sua política. “As mudanças definitivamente tiveram um efeito positivo. A maior carga de anúncios provavelmente teve o maior impacto para nós “, afirma Joe Alicata, vice-presidente de produto receitas e operações da Vox Midia, empresa especializada em publicidade na web.

“Não há nenhuma desvantagem para nós”, afirma um dos parceiros da rede social na ferramenta. Atualmente, o Facebook não cobra nenhuma comissão da venda de publicidade na plataforma. Assim, os editores possuem 100% da receita gerada com o recurso.

O Facebook não quis comentar os números, mas afirmou que pretende continuar ouvindo os comentários dos parceiros para melhorar o recurso. “O feedback direto dos nossos parceiros tem sido crucial para o desenvolvimento dos Artigos Instantâneos. Estamos trabalhando com os editores para tornar a publicidade dentro do recurso algo simples e valioso, e estamos animados em saber que a última rodada de atualizações foi útil”, declarou a empresa em um comunicado. 

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *