Bebê revive após de ficar 15h em frigorífico de necrotério na China

Chinês queima incenso nas comemorações do Ano Novo Lunar, durante o qual aconteceu o episódio com o bebê que reviveu. Foto: AFP GREG BAKER
Chinês queima incenso nas comemorações do Ano Novo Lunar, durante o qual aconteceu o episódio com o bebê que reviveu. Foto: AFP GREG BAKER

Um bebê chinês voltou à vida milagrosamente quando ia ser incinerado depois de ter sido declarado morto e ter passado a noite na câmara frigorífica de um necrotério.

Apesar do milagre, os médicos estão pessimistas sobre as possibilidades de sobrevivência do bebê.

Os funcionários de uma agência funerária do distrito de Pan’an, numa província do leste, preparavam a cremação de um bebê quando, de repente, ele começou a gemer, contou uma tv local.

O bebê havia sido declarado morto na véspera e passou cerca de 15 horas no frigorífico do necrotério, a uma temperatura de -12 graus.

Assombrados, os funcionários avisam o  padre e os serviços de socorro, que y a los servicios de socorro, que hospitalizaram a criança na CTI.

O caso ocorreu durante o fim de semana de festas do Ano Novo lunar chinês e ganhou a imprensa.

Depois de nascer, no início de janeiro, o bebê passou 23 dias em uma incubadora, mas seu pai o retirou para poder passar em família as festas do Ano Novo.

Dois dias depois, o pai levou o bebê de novo para o hospital, em estado grave, e a criança veio a falecer em 4 de fevereiro.

Um médico atestou que coração do bebê havia parado de bater.

Antes de colocá-lo de câmara frigorífica, o pai o envolveu numa roupinha de lã e um saco de dormir, o que talvez tenha salvado sua vida.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *