BQ M10 – Tablet se transforma em computador de mesa

  

Modelo é um tablet que pode ser usado como computador de mesa. Lançamento será na MWC 2016.

A integração entre os dispositivos móveis e os bons e velhos computadores de mesa, já foi um objetivo maior por parte de grandes e médias empresas no passado, quando o uso do software dos computadores ainda era maior por parte dos usuários.

Agora, algumas empresas parecem estar interessadas em investir novamente nessa tecnologia, é o caso da BQ, empresa pouco conhecida, mas que irá lançar em breve um tablet que promete ser, além do dispositivo móvel, também um computador de mesa.

Trata-se do BQ M10, que será apresentado na MWC (Mobile World Congress) 2016, que ocorre na última semana de Fevereiro em Barcelona, que fica no país natal da empresa fundada há 7 anos, em 2009: a Espanha.

O tablet, porém, não virá com o Android e sim com a versão mobile do Ubuntu, que vem ganhando atenção das empresas, tratando-se também de um sistema Linux, bem como o Android.

O tablet será lançado em parceria com a Canonical, empresa que é responsável pelo desenvolvimento do Ubuntu, e tanto a versão Mobile, como o tablet, quanto a versão como Desktop, rodarão o Ubuntu. Inicialmente, o projeto era para o lançamento do smartphone Ubuntu Edge, porém, como a empresa não conseguiu o investimento necessário para lançar o dispositivo, procurou apoio de outra empresa para lançar o projeto, que acabou se tornando um tablet.

O dispositivo será apresentado como um modelo intermediário para os usuários, contando com uma tela de 10,1 Polegadas, chipset da MediaTek, o  MT8163A ARM Cortex-A53 quad-core, 2GB de RAM, 7.280 mAh de bateria e 16GB de memória interna expansível com cartões microSD.

Para que o usuário possa aproveitar o máximo da experiência quando utilizar o dispositivo como um computador de mesa em um monitor externo, será possível conectar um mouse e teclado, via Bluetooth.

O destaque fica para a bateria, que deverá ter uma longa duração já que conta com uma bateria extremamente potente para os padrões atuais.

A BQ ainda não divulgou o preço de lançamento do aparelho, mas a expectativa é que o produto chegue ao mercado por 250 euros, ou pouco mais de R$ 1.000 na cotação atual do euro, desconsiderando os impostos, um valor extremamente salgado se levarmos em conta que o aparelho é intermediário e conta com um SO ainda não popular.

Por Isis Genari

BQ M10

Foto: Divulgação

Fonte: Notebook Online – www.notebookonline.org

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *