Centro de meteorologia dos EUA vê chance de que La Niña suceda El Niño

NOVA YORK (Reuters) – Um centro de meteorologia dos Estados Unidos informou nesta quinta-feira que o fenômeno climático El Niño, que está em andamento, deve se dissipar no fim da primavera ou início do verão no Hemisfério Norte e possivelmente fará uma transição para o fenômeno La Niña no fim deste ano.

O Centro de Previsão do Clima do Serviço Meteorológico Nacional disse em sua previsão mensal que a maior parte dos modelos mostraram que o forte El Niño enfraqueceria nos próximos meses, com chances de que as condições de La Niña aumentem no outono.

O La Niña se caracteriza por temperaturas anormalmente frias na parte equatorial do Oceano Pacífico e tende a ocorrer de maneira imprevisível a cada dois a sete anos. Fenômenos La Niña severos são conectados a enchentes e secas.

No Brasil, o La Niña tende a trazer seca no Rio Grande do Sul, importante produtor agrícola. Já o El Niño traz mais umidade para o Sul do Brasil, e tem beneficiado a atual safra de verão dessa região.

(Por Chris Prentice)

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *