China vai desalojar mais de 9 mil pessoas para procurar extraterrestres

O governo chinês anunciou que vai desalojar mais de 9 mil habitantes da província de Guizhou até setembro deste ano. O motivo é a construção do maior radiotelescópio do mundo, o Fast, que entrará em operação no segundo semestre para ajudar na busca por seres extraterrestres.

A construção está sendo conduzida em uma região montanhosa e isolada do sudeste da China e precisará remover todas as pessoas em um raio de cinco quilômetros para não causar interferências no sinal do radiotelescópio. O objetivo do Fast será detectar sinais de rádio emitidos por pontos distantes do espaço, e que possam indicar a presença de civilizações alienígenas.

Cada cidadão desalojado receberá do governo uma indenização equivalente a cerca de R$ 8 mil na moeda local. O Fast começou a ser erguido em 2011 por um custo estimado em quase R$ 450 milhões. A antena terá um disco de recepção de 500 metros, capaz de monitorar cerca de um milhão de estrelas e planetas em suas respectivas órbitas.

Via The New York Times

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *