Últimas

Coluna: O Macrini que poucos conheciam

Silvio Santos e Orlando Macrini. Foto: Reprodução

Silvio Santos e Orlando Macrini. Foto: Reprodução

“Morre Orlando Macrini, ex-diretor dos programas de Silvio Santos, aos 69 anos”

Essa sem dúvida foi uma das maiores perdas da televisão brasileira nos últimos meses, o consagrado diretor de TV, um dos principais a ter a
honra de dirigir Silvio Santos.

Bem, mas isso “todos” já sabem, a questão é, Quem era o Orlando Macrini?

Sem sombra de dúvidas, um homem muito religioso, dedicou seus últimos anos de vida em compartilhar sua fé com os outros, tornou-se Evangelista, isso mesmo, o “maior diretor de Silvio Santos” como o descreveu Sonia Abrão, dedicava-se à Igreja Adventista do Sétimo Dia, sendo evangelista da mesma.

A questão é, como um diretor de TV que guarda o Sábado como dia sagrado de descanso pôde trabalhar com um dos maiores ícones da TV brasileira? O próprio Macrini respondeu isso em uma de suas pregações onde destaca que Silvio Santos “É um homem muito querido”, e que o apresentador “conhece à Deus”.

“Ele me colocou em prova, eu nunca vou esquecer disso, ele também não, ele chegou numa sexta-feira… No camarim, ele chegou e falou ‘olha, de hoje não tem jeito. Amanhã cedo, Sábado, eu preciso de você aqui trabalhando, e não tem alternativa’, fiquei em silêncio, orei à Deus”, disse Macrini, que começou ainda na TVS como motorista, depois tornou-se Auxiliar de Produção, futuramente produtor, e então diretor do “Programa Silvio Santos”.

Macrini foi ainda assessor pessoal do próprio Silvio e porta voz do assessor pessoal do mesmo.

“Se eu continuar com você sem Deus, não vai acontecer, eu vou pedir perdão à você (Silvio), mas eu to indo embora da tua empresa hoje”, completou Orlando Macrini em sua pregação.

“Isso era uma sexta-feira, domingo à tarde, dois diretores, Renato (Amorim) e o Hélio, vieram atrás de mim: ‘Vem! o Silvio quer falar com você, volta! Volta!”, encerrou Orlando, insistindo que nem ele, nem Silvio nunca se esqueceriam dessa ocasião, onde segundo ele, o Patrão o “colocou em prova (sua fé)”.

O resultado de tudo isso? Macrini ficou 40 anos na empresa e após esse período tornou-se “O velinho mais feliz dessa terra”, como o próprio se auto-intitulava.

Por Tiago Silva (@stiago973)


Fonte: Bastidores da TV

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *