Crimes envolvendo a marca da Netflix rouba dados de usuários

Uma das formas de roubar dados dos usuários é enviando e-mails para atualização de cadastro.
Foto: Reprodução/Sharday/Flickr.
Uma das formas de roubar dados dos usuários é enviando e-mails para atualização de cadastro.
Foto: Reprodução/Sharday/Flickr.

Os novos alvos dos cibercriminosos são os usuários brasileiros do serviço de streaming Netflix. Segundo uma nota divulgada pela empresa de segurança Symantec, armadilhas montadas em sites atraem os consumidores dos vídeos por assinatura e podem roubar dados bancários.

Entre os médotos utilizados estão as propagandas que aparecem nos sites. Oferecendo vantagens, como descontos na assinatura dos vídeos on-demand, os criminosos atacam quando o usuário preenche seus dados pessoais acreditando se tratar do site legítimo da Netflix.

A armadilha muitas vezes está em downloads de trojan, que se aproveita do programa baixado nos computadores dos usuários para agir de forma maliciosa roubando dados cadastrados. Ao fazer um download infectado por cavalo de Tróia, por exemplo, uma aba do Netflix se abre e transmite as informações bancárias para os cibercriminosos.

Outra alternativa já conhecida é utilizar o e-mail de quem assina o serviço. Com o envio de uma mensagem para atualização de dados. Por isso, aos assinantes do Netflix fica o alerta para desconfiar de promoções que oferecem muitas vantagens, não preencher dados em sites não confiáveis ou nas janelas “pop-ups” e somente fazer downloads de fontes conhecidas e nas lojas oficiais.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *