Últimas

Cuevas: "Título no Rio é especial porque ganhei de Nadal na semifinal"

Rio de Janeiro, 22 fev (EFE).- O tenista uruguaio Pablo Cuevas afirmou nesta segunda que o título do Rio Open, o ATP 500 do Rio de Janeiro, para ele é especial porque derrotou o espanhol Rafael Nadal nas semifinais.

“Estou realmente muito contente. É meu primeiro torneio ATP 500, mas sobretudo da maneira como o consegui, ganhando do melhor jogador em saibro nas semifinais”, disse Cuevas na entrevista coletiva.

Cuevas disse que os títulos que mais o alegraram foi um título de duplos que ganhou em Roland Garros em 2008 e seu primeiro título individual, conseguido em 2014, e agora o título no Rio.

“Estou contente, mas não há diferença entre um 250 e um 500”, comentou o uruguaio, destacando que está feliz especialmente por causa da partida contra Nadal.

“Fiz a melhor partida da minha carreira, sem dúvida”, afirmou sobre a semifinal.

Para Cuevas este é seu quarto título individual, depois de dois torneios em Umag (Croácia) e um Bastad (Suécia).

Sobre a final, na qual derrotou ao argentino Guido Pella em três sets, avaliou que foi “uma partida muito boa” no qual ambos jogaram “muito bem”.

Sobre Pella, disse que é um jogador “muito completo, talentoso, rápido” e lembrou que no torneio ganhou de John Isner e Dominic Thiem, dois dos favoritos.

Cuevas também avaliou que a final do Rio tenha colocado dois sul-americanos, considerando que é um fator “bom” para o tênis da região.

“Ultimamente os espanhóis estão dominando o circuito de saibro aqui na América do Sul. É muito bom para o tênis sul-americano ter dois jogadores na final”, comentou.

O uruguaio venceu o título deste ATP 500 ao derrotar Pella na final por 2 sets a 1, com parciais de 6-4, 6-7 (5) e 6-4.

O Rio Open é um ATP 500 que distribuiu US$ 1,3 milhão em prêmios e se disputa em saibro, nas canchas temporárias do Jóquei Clube Brasileiro.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *