Últimas

Defesa vira problema no Grêmio. Mas mudança não está nos planos

A derrota para o São José-POA, em jogo antecipado da quarta rodada do Gauchão, foi a gota d’água. Agora, o sistema defensivo do Grêmio está efetivamente em xeque. Os dois sofridos em plena Arena expuseram uma zaga ainda sem entrosamento e falhas em transição e organização defensiva. A saída, pelo menos no discurso público, não será com substituições.

Kadu, contratado após deixar o Atlético-PR, falhou no gol de Guilherme. Ao tentar rebater, o zagueiro mandou a bola para o meio da área. Outras erros em desarmes e botes tornaram o jogador alvo de vaias da torcida.

“O Kadu chegou agora, está conhecendo seu parceiro de zaga, assim como o Marcelo na esquerda. Trocamos dois dos nossos quatro defensores”, disse Roger Machado, treinador do Grêmio.

Wallace Oliveira, emprestado pelo Chelsea, também não agradou. Pouco produtivo, saiu no segundo tempo para entrada de Giuliano e assistiu do banco o Grêmio se lançara todo ao ataque em uma troca de esquema.

“Quando você se expõe, expõe seus zagueiros. Houve a infelicidade no lance, o Kadu foi rebater e sobrou para o meio. Mas no todo, fizemos um segundo tempo abaixo. Não quero e não vou pessoalizar”, afirmou Roger.

Marcelo Oliveira, peça importante no time de 2015, também foi irregular contra o São José-POA. Muito voltado para o ataque, deu espaço e permitiu que a defesa vazasse mais de uma vez pelo seu lado. Mas ainda assim, as mudanças deverão ocorrer em âmbito tático e não técnico. Ou seja, sem substituições imediatas.

“Se a cada insucesso eu trocar, porque uma individualidade não for bem, eu gero uma insegurança sistêmica em todos. É preciso dar tempo, se o jogador comprometer de novo, posso dar oportunidade para outro”, apontou o treinador.

Segundo o Footstats, site especializado em estatísticas, o São José-POA finalizou 15 vezes contra o gol do Grêmio na Arena. Diante do Toluca-MEX, a mesma defesa terá  a chance de corrigir a atuação e melhorar o desempenho.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *