Dilma defende Lula e diz que ex-presidente é alvo de "grande injustiça"

SÃO PAULO (Reuters) – A presidente Dilma Rousseff defendeu neste sábado o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que vem sendo alvo de suspeitas em torno da suposta propriedade de um apartamento tríplex no Guarujá e do uso de um sítio em Atibaia.

    Dilma se reuniu com Lula na sexta-feira e disse que o ex-presidente “está sendo objeto de uma grande injustiça”.

    “Respeito muito a história do presidente Lula e tenho certeza que esse será um processo que será superado porque eu acredito que o país, a América Latina, o mundo precisa de uma liderança com as características do presidente Lula”, disse Dilma ao ser questionada por jornalistas neste sábado, quando participava do Dia Nacional de Mobilização para o Combate ao Aedes aegypti, no Rio de Janeiro.

    Lula e sua mulher, Marisa Letícia, são investigados pelo Ministério Público do Estado de São Paulo suspeitos de serem os donos de um tríplex em um prédio no Guarujá, litoral paulista.

    O prédio em questão, construído pela construtora OAS, é investigado pelos integrantes do Ministério Público Federal (MPF) que compõem a força-tarefa da operação Lava Jato, por suspeitas de que apartamentos teriam usados para pagar propina.

    No caso do sítio em Atibaia, o Ministério Público suspeita que empreiteiras tenham realizado obras no local como compensação por contratos com o governo.

(Por Flavia Bohone)

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *