Últimas

Editora compra o MySpace 'quase por acidente'

Antes visto como uma das redes sociais mais populares do mundo, o MySpace perdeu espaço para seus concorrentes, como o Facebook, e hoje está quase esquecido. Depois de algumas tentativas de ressuscitar o serviço, é possível que a Time Inc. – uma das maiores editoras dos Estados Unidos e dona de revistas como a People e a Marie Claire – aposte de novo na rede social.

A aquisição da plataforma foi feita quase que “acidentalmente”. Na última quinta-feira, 11, editora comprou a Viant, empresa que até agora era dona do MySpace. Em um comunicado divulgado nesta semana, a Time explica que a Viant é “uma plataforma de marketing baseada nos usuários” e que a aquisição vai possibilitar reunir mais dados de registros, com o objetivo de melhorar a qualidade dos anúncios exibidos até hoje pela companhia.

“Esta aquisição muda o jogo para nós. As empresas estão buscando parceiros de mídia que possuam capacidades baseadas em dados ou em conteúdo premium e seremos capazes de entregar os dois em uma única plataforma”, explica Joe Ripp, CEO da Time Inc. A Viant afirma que atualmente seu banco de dados possui 1,2 bilhão de contas registradas.

O MySpace pode salvar a Time?
Nos últimos anos, a Time tem passado por problemas financeiros. Entre 2014 e 2015, a empresa passou de um grande lucro para uma perda de US$ 881 milhões. Em grande parte, o prejuízo vem do próprio negócio da editora: publicações impressas, que caíram 6,6% no último ano nos EUA. Assim, apostar em uma rede social pode ser uma boa tentativa de se reerguer.

Apesar de muita gente já ter esquecido do MySpace, o site ainda possui 50 milhões de visitantes por mês, o que é um número interessante.

O valor da aquisição não foi divulgado.

Via TheVerge 

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *