"Estúpido", diz entidade sobre Bieber querer adotar macaco novamente

Justin Bieber tem planos de adotar outro macaco depois que teve seu primata, chamado de Mally, confiscado pelas autoridades da Alemanha há três anos. No entanto, ele já começa a enfrentar críticas pelo desejo de querer ter o animal como pet.

A organização North American Primate Sanctuary Alliance (NAPSA), entidade de proteção animal, disse que cuidar de um macaco em casa é “perigoso” e condenou a postura do cantor, informou o site TMZ, especializado em celebridades, nesta sexta-feira (19).

“Por favor, não repita esse comportamento estúpido. Simplesmente não é possível satisfazer as necessidades únicas do seu macaco em um lar privado”, afirmou a fundação em comunicado. “Será perigoso tanto para você quanto para o seu macaco, bem como irresponsável”, completou.

À revista GQ, Bieber falo sobre o desejo de adquirir um segundo macaco. “Não vou mais trazê-lo da Alemanha ou viajar com ele. As pessoas sempre dizem, ‘por que você quer um macaco?'”, disse. “Se você pudesse ter um caco, entenderia. Macacos são incríveis”, se defendeu.

Macaco confiscado na Alemanha

O animal, um macaco-prego de 23 semanas, se tornou propriedade nacional alemã porque o cantor não apresentou os certificados de proteção da espécie e de condições de saúde exigidos por lei.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *