Farinha do mesmo saco: o que o G5 e Galaxy S7 devem ter em comum

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Não basta o anúncio do LG G5 estar marcado para acontecer no exato mesmo dia do Samsung Galaxy S7, em 21 de fevereiro, ambos os modelos de elite feitos pelas fabricantes sediadas na Coreia do Sul compartilham, em teoria, de algumas características interessantes. Usando como base as especulações e os boatos ligados aos dois smartphones de ponta, é possível montar uma lista com cinco aspectos importantes que devem rechear tanto a versão Optimus UI quanto a com a TouchWiz, interfaces famosas que modificam o Android. Naturalmente, é válido ressaltar que nenhum dos integrantes da dupla é oficial, portanto esteja avisado caso alguma mudança ocorra quando eles forem, de fato, produtos públicos. Acompanhe abaixo e tire suas próprias conclusões acerca do par sul-coreano:

Tela sempre ativa (Always On)

Ter que desbloquear o display para acessar informações importantes sobre o G5 e o Galaxy S7 não deve ser uma ação obrigatória. LG já lançou oficialmente a capinha Quick Cover para seu futuro flagship, oferecendo uma tela adicional que permanece sempre ativa, mostrando a hora, data e as notificações recebidas pelo dispositivo portátil. Mesmo que não seja uma função nativa do modelo, o acessório será uma ‘mão na roda’ para a bateria do mesmo, mantendo os pixels apagados por mais tempo. Já o celular da Samsung pode embutir a novidade diretamente em seu visor, sem precisar de periféricos para isso, algo já visto em aparelhos da Motorola e da Microsoft (Windows Glance), por exemplo, apesar deste último poder consumir 50% da bateria em um dia de uso.

Leitor de impressões digitais

Algo que não é novidade para a Samsung, deve também ser utilizado pela LG em sua próxima geração de flagships. Sensores biométricos já são considerados itens básicos para um smartphone de ponta, algo que começou com Apple quando o iPhone 5s foi lançado, em meados de 2013, embora tenha estreado no Motorola Atrix há mais tempo. G5 deve finalmente trazer o suporte à leitura de impressões digitais, enquanto o Galaxy S7 ofereceria uma forma ainda melhor de identificação, aumentando a velocidade com que o processo de identificação do usuário é realizado. Em teoria, LG aproveitaria a parte posterior de seu gadget para colocar a superfície super sensível, já a Samsung manteria o mesmo esquema no botão home, localizado na face da estrutura de seus produtos.

Conectores no padrão USB Type-C

O microUSB deve ‘morrer’ nos próximos flagships da Coreia do Sul. Aproveitando a estreia do padrão USB Type-C nos eletrônicos da Apple e o grande aproveitamento da Google em relação ao conector, encontrado na geração atual da linha Nexus, por exemplo, LG e Samsung devem abandonar o antigo padrão de entrada de cabos em celulares para ‘abraçar o futuro’. Relembrando, a tecnologia permite que o espelhamento de tela, carregamento da bateria e sincronização de dados ocorram por meio de um único cabo, evitando que o usuário se confunda com uma dezena de acessórios, um para cada coisa. A forte presença de ambas as fabricantes neste setor pode impulsionar os periféricos que suportam o padrão, levando em conta que os mesmos ainda encontram-se focados no microUSB.

Designs metálicos

Seja de modo completo ou parcial, LG G5 e Samsung Galaxy S7 devem contar com aparências metálicas, usando o material para oferecer uma experiência premiada aos clientes, já que o policarbonato está sendo considerado um elemento ‘nada luxuoso’ em smartphones. LG nunca utilizou o metal em sua família G (anteriormente com o sufixo Optimus), enquanto a Samsung já desfruta de laterais metálicas no Galaxy S6, por exemplo, construção que deve ser mantida no Galaxy S7. O G5, de fato, deve conter ainda mais metal do que seu rival, já que a Samsung gosta de usar vidro em sua atual série de flagships. Chega de reclamar sobre o plástico nos dispositivos portáteis das empresas sediadas na Coreia do Sul. Só nos resta saber como a proteção das antenas influenciará na aparência final da dupla.

Suporte a cartões microSD

É aqui que o jogo vira para a Samsung. Sempre elogiada pela compatibilidade aos cartões microSD, Samsung foi vastamente criticada por ter removido tal possibilidade em sua atual linha de celulares elitizados, bem como a bateria removível. Embora esta última característica não deva retornar com o Galaxy S7, o mesmo deve, sim, poder receber mais memória para o armazenamento de músicas, filmes, aplicativos e demais conteúdos, tudo por meio do famoso microSD. LG nunca deixou de lado tal opção, então é natural que o G5 também possa ganhar mais espaço. Uma das mais altas capacidades em microSD já registradas é de 200 GB, mas seria sensato aguardar mais um pouco para conhecer os planos das sul-coreanas para o futuro.

LG G5 e Samsung Galaxy S7

Após saber o que a dupla sul-coreana pode ter em comum, relembre suas especificações técnicas preliminares, podendo sofrer alterações no dia de apresentação. LG G5 deve contar com uma tela IPS LCD de 5,6 polegadas, usando a resolução Quad HD (2560 x 1440 pixels) para a exibição de conteúdo, 4 GB de RAM, chipset Qualcomm Snapdragon 820, feito em 64-bit, processador de quatro núcleos, cada um deles rodando a 2,2 GHz, no máximo, Adreno 530 como placa gráfica, 32 GB de memória para armazenamento interno, podendo ser expandida via cartão microSD, câmera principal dupla, incluindo sensores de 8 megapixels e 16 megapixels, câmera frontal também com dois sensores (resolução ainda não informada), dimensões de 149,4 x 73,9 x 8,2 milímetros e o Android 6.0.1 Marshmallow como sistema operacional, modificado pela nova interface da LG.

Já o Galaxy S7 deve estrear publicamente com a tela de 5,1 polegadas, usando a resolução Quad HD (2560 x 1440 pixels) para a exibição de conteúdo, 4 GB de RAM (LPDDR4) chipset Exynos 8890, feito pelas mãos dos engenheiros da sul-coreana, ou o Qualcomm Snapdragon 820, 32 GB, 64 GB ou 128 GB de memória para o armazenamento interno, podendo incluir novamente a entrada para cartão microSD, câmera principal de 12 megapixels com sensor BRITECELL (ou Sony IMX300), câmera frontal de 8 megapixels com sensor ISOCELL, som profissional e o Android 6 Marshmallow como sistema operacional, modificado pela interface própria da Samsung, TouchWiz. Aguardaremos até o dia 21 de fevereiro para mais detalhes sobre o par sul-coreano.

<!–

Se curtiu, compartilhe!

setTimeout(“loadSocialButtons()”, 300);
–>
Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *