Últimas

FBI confirma investigação de e-mails de Hillary Clinton

A pré-candidata democrata à presidência americana Hillary Clinton. Foto: Yana Paskova/GETTY IMAGES/AFP

A pré-candidata democrata à presidência americana Hillary Clinton. Foto: Yana Paskova/GETTY IMAGES/AFP

O FBI confirmou formalmente que investiga os e-mails privados de Hillary Clinton, decisão que os republicanos esgrimem como prova de que a ex-secretária de Estado democrata não estaria qualificada para governar os Estados Unidos.

Em uma carta com data de 2 de fevereiro e divulgada nesta segunda-feira, o conselheiro jurídico do FBI, James Baker, indica ao Departamento de Estado que as investigações dos e-mails da pré-candidata democrata irão continuar.

A carta não detalha o alcance ou o conteúdo das indagações, mas indica que o escândalo que mancha a campanha eleitoral de Hillary está longe de ser esquecido.

Os republicanos não demoraram a reagir: “O anúncio do FMI confirma que a investigação do servidor secreto de e-mails de Hillary Clinton está longe de ser uma “avaliação de segurança de rotina, como ela alegou”, declarou o Partido Republicano em um comunicado.

“É mais um fato para lembrar que não se pode confiar a presidência a Hillary Clinton”, acrescenta o texto, que acusa a ex-chefe da diplomacia americana de ter “colocado em risco a segurança nacional”, comprometendo informações sensíveis do governo em uma conta privada de correio armazenada em um servidor igualmente privado, uma prática normalmente proibida pelo governo americano.

O escândalo dos e-mails de Hillary ressurgiu no fim de janeiro, quando o Departamento de Estado anunciou ter encontrado mensagens altamente secretas em sua correspondência privada.

O caso alimenta as principais críticas dos rivais republicanos de Hillary na campanha pela presidência dos Estados Unidos.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *