Últimas

FBI terá que divulgar vírus que usou para expor pedófilos na Deep Web

O FBI terá que revelar o código por trás de um vírus que utilizou na Deep Web para caçar os usuários de um site de pedofilia, o Playpen. O programa foi utilizado para coletar os endereços de IP, endereços MAC e outras informações técnicas dos usuários da página, enviando-as para um servidor controlado pelo governo americano, revelando mais de 1 mil IPs ao redor do mundo, o que já resultou em 137 acusações formais.

A exposição do código completo usado pelo FBI será necessária devido à solicitação do advogado de um dos réus do caso, Jay Michaud. Ele foi preso depois da operação graças à ferramenta e agora deverá ter acesso ao material que o incriminou.

Os advogados pediam acesso ao código desde setembro. Em janeiro, a defesa finalmente recebeu, mas segundo um especialista, havia partes faltando, mais especificamente a parte do código que garantiria que o identificador vinculado à infecção de Michaud era realmente único e outra parte, que era a brecha usada para invadir sua máquina.

Existe polêmica neste caso, no entanto. Uma das reclamações é que foi usado apenas um mandado judicial para hackear milhares de computadores desconhecidos espalhados pelo mundo. Outra reclamação acusa o FBI de, com o objetivo de distribuir seu malware, ter hospedado o Playpen em seu próprio servidor, efetivamente distribuindo pornografia infantil na internet por um tempo. No entanto, um juiz negou que houve conduta irregular neste caso.

Via Motherboard 

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *