Últimas

França ameaça multar Facebook por violar a privacidade dos usuários

O órgão de regulação e proteção de dados de Paris ameaçou multar o Facebook, caso a rede social não mude a maneira como lida com as informações de seus usuários e da internet, no geral. Na última segunda-feira, 08, o órgão indicou uma série de coordenadas que devem ser seguidas pela empresa.
A ordem de 17 páginas foi determinada em 26 de janeiro, mas sua publicação aconteceu somente nesta semana. Nas páginas, a comissão francesa (CNIL) dá ao Facebook um prazo de três meses para que as mudanças sejam realizadas. A alteração na maneira como são recolhidos os dados pode gerar multas de até US$ 168 mil.

O que deve mudar?
A CNIL exige que o Facebook informe aos usuários que não possuem contas na rede social que sua navegação está sendo controlada em toda a web. Além disso, todas as pessoas devem ser notificadas e questionadas sobre a busca de informações sobre suas crenças religiosas, orientação sexual e outros dados confidenciais.
Por fim, a comissão pede que a empresa pare de enviar dados dos usuários europeus para os Estados Unidos.

“Estamos fazendo nosso trabalho devido à gravidade das violações e o número de indivíduos que as têm sofrido por causa do serviço do Facebook, cerca de 30 milhões”, afirmou o órgão.

Questionado, o Facebook declarou: “Proteger a privacidade das pessoas que usam o Facebook está no centro de tudo que fazemos. Estamos confiantes de que vamos cumprir a lei de Protecção de Dados Europeia e estamos ansiosos para colaborar com o CNIL para responder às suas preocupações”.

Via WallStreetJournal 

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *