Últimas

Galaxy S7 aberto: veja a engenharia por trás do novo flagship da Samsung

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Samsung Galaxy S7 conquistou vários entusiastas de telefonia móvel por seu design externo, mas a engenharia por trás de sua criação pode fazer brilhar os olhos de quem realmente gosta de smartphones. Felizmente, a equipe do site Hi-Tech teve um acesso antecipado a uma unidade do flagship mais recente feito pela gigante da Coreia do Sul, usando especialistas para passar o aparelho celular por um processo de desmonte completo, revelando como que a empresa asiática dividiu as partes internas do modelo por sua estrutura de metal e vidro.

Infelizmente, ao contrário das antigas experiências de ‘desmembramento’ de dispositivos portáteis, não há um vídeo que mostra o passo a passo de como remover as peças do eletrônico, havendo apenas uma galeria de imagens para exibir o que há dentro de cada exemplar do gadget. Fatores interessantes são abordados ao analisar de perto as entranhas da novidade, como o selamento à prova d’água e um tubo para resfriar a CPU.

Ao observar aproximadamente as áreas internas do Galaxy S7, nota-se uma organização excepcional por parte da Samsung, de modo que a substituição da bateria, por exemplo, ocorra de forma exemplar. Para trocar a tela, entretanto, os especialistas apontam que um trabalho mais complexo é necessário, então pense duas vezes antes de andar descuidado por aí com sua unidade do flagship sul-coreano.

Para tornar o smartphone à prova d’água, recebendo, portanto, a tão desejada certificação IP, os engenheiros da marca oriental que arquitetaram a construção do modelo usaram uma espécie de cola especial nas superfícies de Gorilla Glass 4, responsáveis pela proteção tanto da parte frontal quanto da parte posterior do dispositivo portátil. Desta forma, não há uma vedação, de fato, mas sim um elemento que gruda os painéis para transformá-los em impermeáveis, mesmo sem a proteção da entrada microSD, outro grande passo da empresa sul-coreana.

Para manter a temperatura do processador e da placa gráfica em níveis aceitáveis, Samsung fez algo que nunca havia feito antes: usou um tubo de transição de calor. Uma haste é ligada ao chipset do aparelho celular, seja a versão Qualcomm Snapdragon ou Samsung Exynos, transportando o calor emitido pelo componente a outra região das entranhas do gadget, evitando que a energia seja acumulada em um lugar só, dissipando a temperatura para evitar o famoso fracasso do Snapdragon 810, por exemplo.

Algo similar é visto no Microsoft Lumia 950 XL, por exemplo, anteriormente chamado de ‘resfriamento líquido’, mas levantando dúvidas sobre a utilização da parte líquida em um de seus desmanches. Com isso em mente, é válido acreditar que será incrivelmente difícil registrar temperaturas foras do normal no Galaxy S7, mesmo quando ele estiver rodando jogos pesados, exemplificando.

Apresentação do Galaxy S7

Samsung apresentou o Galaxy S7 no domingo desta semana, 21 de fevereiro, incluindo uma vantajosa lista de especificações técnicas, como a tela Super AMOLED de 5,1 polegadas, usando a resolução Quad HD (2560 x 1440 pixels) para a exibição de conteúdo, 4 GB de RAM (LPDDR4), chipset Samsung Exynos 8890 (oito núcleos) ou Qualcomm Snapdragon 820 (quatro núcleos), ARM Mali-T880 MP14 ou Adreno 530 como placa gráfica, na mesma ordem anterior, 32 GB, 64 GB, ou 128 GB de memória para o armazenamento interno, podendo ser expandida via cartão microSD, câmera principal de 12 megapixels com estabilização ótica de imagem, câmera frontal de 5 megapixels, leitor de impressões digitais em forma de botão home, corpo inteiramente protegido pelo vidro Corning Gorilla Glass 4, certificação IP68 para resistência à água, dimensões de 142.4 x 69.6 x 7.9 milímetros, peso de 152 gramas, bateria de 3.000 mAh com carregamento rápido e wireless e Android 6.0 Marshmallow como sistema operacional, modificado pela interface TouchWiz. Galaxy S7 Edge, por sua vez, ganha apenas algumas mudanças, como a tela de 5,5 polegadas e a bateria de 3.600 mAh.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *