Governo dos EUA declara que skates elétricos são inseguros

Os chamados skates elétricos estão fazendo sucesso entre os consumidores, entre eles os brasileiros. Porém, o governo dos Estados Unidos não está nem um pouco animado com a novidade após o produto apresentar defeitos que colocam em risco a segurança do usuário.

A CPSC (Consumer Product Safety Commission) classificou todos os hoverboards encontrados no mercado como inseguros. A bateria da scooter de auto equilíbrio pode superaquecer e causar incêndios, além de lesões graves e poder levar à morte.  

Apesar de não ter conseguido simular um incêndio durante os testes, somente identificar os sinais de superaquecimento, a CPSC recebeu, entre 1º de dezembro de 2015 e 17 de fevereiro deste ano, 52 relatos de pranchas que pegaram fogo e causaram de mais de US$ 2 milhões em danos materiais, incluindo um carro e duas casas.

Na última quinta-feira, 18, a comissão enviou um aviso aos varejistas, fabricantes e importadores com as novas normas de segurança da prancha que, se não forem seguidas, podem resultar na apreensão dos dispositivos, bem como penalidades civis e criminais.

Via Mashable

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *