Últimas

Inter sonda Marcelo Moreno, mas salário e portugueses são problema

A busca por um atacante levou o Internacional até a China. Um dos nomes observados pelo clube no mercado é Marcelo Moreno, ex-Cruzeiro e Grêmio, e que atualmente está Changchun Yatai. O salário elevado na Ásia e a concorrência do futebol português são entraves, mas a escassez de opções no mercado deixa o nome do boliviano na pauta.

A informação foi divulgada pelo jornal Zero Hora e confirmada pelo UOL Esporte. O fato concreto: o Inter levantou informações sobre Moreno e sua situação contratual. Foi informado que o vínculo termina em dezembro e o salário gira em torno de R$ 1 milhão.

Outra informação repassada foi do interesse do Sporting, de Portugal. O clube esteve muito perto de contratar Marcelo Moreno juntamente com Hernán Barcos, na recente janela de transferências europeia. No fim, só o argentino fechou – topando reduzir sensivelmente os vencimentos.

A diretoria do Internacional foi veemente na negativa de que tenha uma negociação em andamento. Também não confirma que tenha feito a consulta. O ex-zagueiro Scheidt, que agora atua como empresário e levou Moreno para China, igualmente nega tratativas. O empresário Fabiano Farah, procurador do boliviano em outras transações, não respondeu à reportagem.

A favor do Internacional, pesa a ligação com Porto Alegre. A família da esposa de Moreno é do Rio Grande do Sul e o retorno ao estado pode ajudar. Além disto, a saída de D’Alessandro e outros nomes como Juan, Dida e Lisandro López deixou a folha salarial menor no Beira-Rio. Comportando um investimento mensal acima do padrão.

No começo de 2015, o Yatai levou Marcelo Moreno com salário elevado e também pela proximidade do fim do vínculo com o Grêmio – que dava chance para assinatura de um pré-contrato.

Aos 28 anos, Marcelo Moreno é um dos nomes analisados e o mais novo a vazar. Antes dele, o Inter abriu negociações com Leandro Damião, Bruno Henrique e Henrique Almeida. Também sondou Clayton, do Figueirense e agora na mira do Atlético-MG.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *