Últimas

Japoneses encontram maneiras inusitadas para comemorar o Dia do Gato

Para quem gosta de gatos, o Japão é um bom país para se estar no dia 22 de fevereiro.

Há 30 anos o país comemora o Dia do Gato. Atualmente, para marcar a data, há uma invasão de felinos nas redes sociais e no comércio, com doces em formato de gato, mangás temáticos e retratos de gatos por toda a parte.

Reprodção/Twitter via BBC

Este usuário do Twitter fez uma brincadeira com um gato: acordou-o depois de cercá-lo de ratos de brinquedo

O gato é um dos assuntos mais populares nas redes sociais do Japão nesta segunda-feira (22).

Conhecida como “Neko no Hi”, a data foi escolhida graças aos seus números: 22/2 (ni ni ni), pronunciados de uma forma que soa aos japoneses como o miado de um gato (nyan nyan nyan).

É uma data em que muitos se vestem como gatos ou fazem fotos “engraçadinhas” com felinos.

Entusiastas do cosplay, a arte de se vestir como personagens de desenhos, filmes ou histórias em quadrinhos, já postaram imagens fantasiados de gatos ou usando as “nekomimi” (orelhas de gato).

Há também aqueles que preferem fazer comida e guloseimas em forma de gato.

Reprodução/Twitter via BBC

Alguns comemoram o Dia do Gato fazendo os bolinhos de arroz japonês com o tema

Com o passar dos anos, o Dia do Gato se transformou em um grande sucesso comercial, com lojas e empresas aproveitando a data para lançar objetos com o tema.

A Disney do Japão, por exemplo, declarou que 22 de fevereiro é o “Dia da Marie”, homenageando a personagem do filme Aristogatas.

O jornal Asahi Shimbun marcou a ocasião com uma reportagem especial sobre os cafés que aceitam gatos, onde os clientes podem ficar durante uma ou duas horas na companhia de seus animais de estimação.

Origens

O evento começou em 1987, depois que o Comitê Executivo do Dia do Gato fez uma pesquisa entre os fãs do felino no Japão, e foi decidido que o dia comemorativo seria o 22 de fevereiro.

Outros países também têm dias para celebrar os gatos, mas são poucos os que conseguem fazê-lo com o entusiasmo dos japoneses.

O país tem, inclusive, celebridades felinas: uma gata chamada Tama foi parar nas manchetes depois de ser transformada em “chefe” honorária de uma estação de trem na região de Wakayama.

Usando um chapéu especialmente feito para ela, Tama virou atração turística na atração até sua morte, em junho de 2015.

A gata foi colocada no Hall da Fama da linha de trem na estação de Wakayama em fevereiro deste ano.

Enquanto isso, um gato chamado Maru virou estrela na web com uma série de vídeos no YouTube, que desde 2008 rendem boa audiência: um deles chegou a ser visto 21,7 milhões de vezes.

Reprodução/Twitter via BBC

A versão japonesa da Barbie, Licca-chan, também já postou a foto com a homenagem ao Dia dos Gatos

E há também o Nyancat – o meme que mostra o desenho de um gato animado, criando um arco-íris infinito pelo espaço ao som de uma voz criada em um sintetizador. Seu vídeo foi visto 131 milhões de vezes.

Aproveitando a data, vale esclarecer um mito sobre a Hello Kitty, fenômeno global criado pela companhia japonesa Sanrio na década de 1970. A Sanrio afirma que a Hello Kitty não é uma gata – apesar de seus bigodes e orelhas -, mas sim uma menina, e de nacionalidade britânica.

Ao mesmo tempo, para as pessoas que não gostam tanto assim de gatos, o dia 22 de fevereiro pode não ser totalmente perdido. A data também é o Dia do Ninja no Japão – resultado de outro jogo de palavras com a pronúncia do número dois, “ni”.

A cidade de Koka, na região de Shiga, é um dos lugares mais conhecidos para se comemorar o Dia do Ninja. Os funcionários públicos municipais se vestem como os lendários assassinos e guerreiros para marcar a data.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *