Jogador inglês é demitido após admitir relação com menina de 15 anos

O Sunderland anunciou nesta quinta-feira que rescindiu o contrato do meia Adam Johnson. O atleta se confessou culpado de crime sexual por manter uma relação com uma menina de 15 anos entre dezembro de 2014 e fevereiro de 2015.

Em depoimento na última quarta-feira, Johnson admitiu ter aliciado e beijado a garota sabendo que ela tinha menos de 16 anos, mas negou que tenha tido relações sexuais com ela. Na Inglaterra, a “idade de consentimento” é 16 anos – é ilegal praticar ato sexual com pessoas abaixo dessa idade.

O jogador de 28 anos também admitiu ter ido ao encontro da menina, que ele conheceu pela internet, com a intenção de fazer sexo. O julgamento será na próxima sexta-feira.

O atleta também perdeu o patrocínio da Adidas, que cancelou o contrato após a confissão de culpa.

Ex-atleta do Manchester City e da seleção inglesa, Johnson foi preso em março de 2015 por conta da acusação. Na época, ele chegou a ser suspenso pelo Sunderland, mas a punição foi removida duas semanas depois, e ele voltou a jogar normalmente.

Nesta temporada, Johnson é o líder de assistências do Sunderland no Campeonato Inglês, com cinco. O meia também marcou dois gols em 19 jogos, 11 deles como titular. O time, porém, vai mal, em penúltimo lugar na classificação e brigando contra o rebaixamento.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *