Últimas

Jornal: CR7 vai se reunir com elenco do Real para se explicar após polêmica

Preocupado com repercussão de declaração em que criticou nível dos reservas do time

 

A repercussão acerca do desabafo de Cristiano Ronaldo ao fim do clássico contra o Atlético de Madrid vem fazendo o astro se desdobrar para tentar se explicar aos companheiros. Após criticar o nível dos reservas do time merengue – minutos depois da derrota por 1 a 0 no dérbi -, o luso estaria tentando apagar o incêndio desde a noite de sábado, utilizando um aplicativo de troca de mensagens com muitos jogadores. As informações são do jornal “El Mundo”, que ainda diz que CR7 deve ter uma reunião com o elenco merengue nesta segunda-feira, antes do treinamento no CT de Valdebebas.

Em entrevista na zona mista do Santiago Bernabéu, o camisa 7 merengue mostrou que não estava satisfeito com o desempenho do Real no dérbi madrilenho. Sem poder contar com Bale e Marcelo ao seu lado e com Benzema retornando de lesão, o luso deixou claro que as opções no banco de reservas não são de seu agrado.

– Se todos tivessem meu nível, estaríamos em primeiro. Todos os anos, segundo a imprensa parece que estou na m… Mas os números e as estatísticas não enganam. Não quero menosprezar ninguém, nenhum companheiro. Mas quando não estão os melhores, Bale, Benzema, Marcelo… É difícil. Não quero dizer que Jesé, que Lucas, que Kovacic não são bons. São bons, mas… – disse o português.

Vendo a enorme repercussão instantânea das declarações, Cristiano Ronaldo procurou os jornais madrilenhos “As” e “Marca” para se retratar e dar novas entrevista, tentando ser mais claro – e também adotar tom mais humilde

– Quando digo isso, me refiro ao nível físico, não de jogo. Eu não sou melhor do que nenhum dos meus companheiros – disse Cristiano Ronaldo ao “Marca”.

Ao “As”, o luso complementou suas explicações:

– Interpretaram mal minhas declarações ao fim do jogo. Não estava falando que sou melhor do que os outros. Me referia à parte física e às lesões. Houve desfalques importante no time, como Pepe, Bale, Benzema e Marcelo. E isso nos prejudicou e não nos permitiu jogar no nível que habitualmente temos. Respeito totalmente aos meus companheiros, e jamais quis ofendê-los. Não me acho melhor que ninguém.

O revés dentro do Santiago Bernabéu deixou o Real Madrid bem longe da disputa pelo título espanhol. Com 54 pontos, os merengues viram o Barça abrir 12 na liderança. O Atlético, por sua vez, foi a 58 e segue na segunda colocação.

 

Por GloboEsporte.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *