Últimas

Justiça concede habeas corpus a ex-governador de Roraima

Neudo Campos estava foragido desde a última quinta-feira (18). Foto: Correio Braziliense/Divulgação
Neudo Campos estava foragido desde a última quinta-feira (18). Foto: Correio Braziliense/Divulgação

O ex-governador de Roraima Neudo Campos conseguiu habeas corpus na Justiça na noite de sábado (20). A decisão é do  desembargador federal Cândido Ribeiro, do Tribunal Regional da 1ª Região, em Brasília.

Dois dias antes, a Justiça Federal havia decretado a prisão de Campos. Ele foi procurado pela Polícia Federal, mas não foi encontrado e, por isso, era considerado foragido.

Em sua decisão, o desembargador cita que “a decisão do juiz de primeiro grau, em princípio, parece se sobrepor à decisão do relator do Superior Tribunal de Justiça (STJ), a quem caberia , salvo melhor juízo, a decisão de aplicação imediata ou não do precedente novo do Supremo Tribunal Federal”.

Neudo Campos foi condenado a 10 anos e 8 meses de reclusão em regime fechado por envolvimento no “escândalo dos gafanhotos”, que desviou R$ 70 milhões em convênios oriundos da União em 2002.

De acordo com a denúncia, o esquema estabelecia o cadastramento de funcionários fantasmas na folha de pagamento do Estado de Roraima e do Departamento de Estradas e Rodagem de Roraima (DER/RR), para distribuição dos salários a deputados estaduais e outras autoridades em troca de apoio político.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *