Últimas

Liminar que mantém Murici no Alagoano será julgada nesta terça-feira

O Campeonato Alagoano pode continuar como está ou mudar de forma radical nesta terça-feira (02). O mandado de garantia que mantém o Murici na competição, após ter sido excluído pela Federação Alagoana de Futebol (FAF), será julgado e gera grande expectativa entre os envolvidos da competição estadual.

A equipe alviverde está disputando a competição liminarmente através de um mandado de garantia, analisado pelo auditor presidente do Tribunal de Justiça Desportiva de Alagoas (TJD-AL), Rogério Melo Teixeira.

Porém, nesta terça o processo vai a julgamento e será avaliado pelo pleno da entidade, que reúne nove auditores, incluindo o presidente. Todas as informações referentes ao caso já estão anexadas aos autos e o Murici terá direito a sua defesa e a FAF poderá fazer a sua contestação aos auditores.

Sendo anunciado o resultado, se uma das partes se sentir prejudicada, ainda poderá recorrer. No entanto, não mais na instância local, tendo o processo de ser encaminhado para análise do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) no Rio de Janeiro, onde irá levar um tempo maior para ser apreciado.

O secretário geral do TJD-AL, Osvaldo Junior explica como pode ser o procedimento pós-julgamento. “Caso o Murici seja absolvido, o processo será extinto e a competição segue como está. Caso a liminar seja derrubada, o Murici fica volta a ser excluído da competição e postetiormente a federação ficará responsável dos próximos passos”, afirmou.

Em caso de nova exclusão do Murici, todos os adversários ganham os pontos das partidas contra o a equipe da zona da mata. Além disso, a federação terá de mudar o formato de disputa da competição, com o campeonato em andamento.

Vale lembrar, que a FAF decidiu excluir o Murici da competição no dia 21 de janeiro, três dias antes da abertura do Campeonato Alagoano. A alegação é que o time havia descumprido dois artigos do regulamento, referentes as certidões legais para participação, além de não cumprir o prazo para inscrição do mínimo de 18 jogadores na competição.

O julgamento do caso Murici acontece nesta terça-feira, às 19h30, no auditório do Estádio Rei Pelé.

 

Escrito por: Paulo Chancey Junior

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *