Últimas

Mari Alexandre fala sobre polêmicas no 'Elas Querem Saber' do Programa Raul Gil desta semana

As meninas do “Elas Querem Saber” tiram tudo da modelo. Mari falou sobre a relação com Fábio Júnior, sobre o filho Zaion e o começo da carreira.

Confira as melhores frases do quadro: 


“Meu filho é apaixonado pelo Neymar. Achei ele uma graça” (sobre encontro com o jogador Neymar e seu filho Zaion)
“Nunca faria isso na minha vida” (sobre boatos de usar o filho para se aproximar de Neymar)
“Eu já fui namoradeirinha, mas hoje estou bem quieta. Depois que me separei, já me arrumaram 500 namoros e não existe pois estou sozinha, ainda, infelizmente”
“Sim, tem contato. A gente se dá bem, conversa. O Zaion adora os irmãos” (sobre a relação com Fábio Jr.)
“Ele é o que pode ser. Ele consegue ser presente da maneira dele. E hoje a gente aceita. Eu não entendia e ficava muito triste. Eu cheguei a brigar com ele várias vezes por causa disso. Hoje ele é mais presente, inclusive mais com que ele foi com os outros filhos. (sobre a ausência de Fábio Júnior por causa da agenda atribulada)
“Ele é uma pessoa boa, um pai maravilhoso. O Zaion ama demais o pai dele. Pra mim ele foi maravilhoso e quis ter um filho comigo. Eu só tenho que agradecer ao Fabio, pois se ele não quisesse a gente não teria tido um filho”.
“Não fiquei com medo. O que aconteceu entre a gente foi muito lindo. A gente se amou demais e ele me escolheu para ser a mãe do filho dele”. (sobre se ela teria medo de entrar para a estatística de ex-mulheres)
“No final da relação eu me culpei. O que fiz para não ter dado certo nossa relação?” (sobre o final da relação)
“A primeira vez foi vaidade. Eu tive muito preconceito, tinha 18 anos e não ganhei muito dinheiro”. (sobre posar nua)
“Isso aconteceu. Ela não deixaria a Wanessa entrar seu eu estivesse. Ela não gostava de mim” (sobre o caso em que Zilu, ex-mulher de Zezé Di Camargo, proibiu a filha Wanessa de participar no mesmo programa em que Mari estava)
“Essa história da Zilu foi o que mais prejudicou minha vida inteira. Isso começou em 92 e me prejudicou demais. Eu era muito nova, imatura. Você faz coisas impensadas. Hoje eu não faria algumas coisas que eu fiz quando tinha 19, 20 anos”. (ainda sobre o confusão com Zilu)
“Eu acho que ela não estava errada, mas eu não faria o que ela fez” (sobre a atitude de Zilu)
“Já fui convidada, mas não fiz” (sobre convites para filmes pornôs)
“Eu queria ser famosa sem passar por cima de ninguém, sem me vender” (sobre o início da carreira)
“Já tive várias propostas e nunca fiz. Se eu tivesse feito acho que estaria muito bem. Era muito dinheiro que me ofereciam (Sobre convites para sair)
“Na época eu estava precisando de dinheiro. Eu estava com o Vavá na época. Lá dentro é muito difícil conviver com pessoas diferentes” (sobre a participação na Casa dos Artistas)
“Ele me chamou de Pata, pois eu era muito bobinha. Eu era muito sensível, chorava por tudo” (Sobre as brigas com Frota)
“Eu conheci o Fabio há muitos anos, mas não fiquei amiga dele. No meu aniversário um grande amigo me ligou e ele estava do lado. Ai conversamos e um tempo depois saímos. Começamos a namorar logo na primeira vez que ficamos”. (sobre como conheceu o Fábio Júnior)
“Eu não casei enganada, sabia como ele era” (sobre o Fabio ter vida noturna por causa dos shows)
“Quero que ele viva a vida dele e que seja feliz. Quero encontrar uma pessoa” (sobre Fábio Júnior e seu futuro)

O “Jogo do Banquinho” deste sábado será especial A Praça é Nossa. Participam: Carlos Alberto de Nóbrega, Marcelo de Nóbrega, Andrea de Nóbrega, Giovani Braz e Ênio Vivona. Com apenas uma letra do alfabeto escolhida pelo telão, eles tentam adivinhar as palavras sobre o tema escolhido pelo professor Régis Tadeu.

Fonte: SBTpedia (www.sbtpedia.com.br)

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *