Últimas

Microsoft também apoia Apple na disputa contra o FBI

O Google apoia a Apple na disputa contra o FBI. O WhatsApp apoia a Apple na disputa contra o FBI. Agora é a vez da Microsoft. A gigante do Windows foi mais uma das companhias a demonstrar apoio na causa contra a introdução proposital de brechas no iPhone para que o governo possa coletar dados, driblando a encriptação.

A Microsoft é membra-fundadora do grupo RGS (sigla para “Reformem a Vigilância Governamental”), que pede mudanças na forma como o governo americano monitora seus cidadãos e estrangeiros por meio da tecnologia. Este grupo emitiu um comunicado demonstrando apoio à Apple.

“As empresas do RGS acreditam que é extremamente importante deter terroristas e criminosos e ajudar as autoridades ao processar ordens legais por informações para manter todos em segurança. No entanto, as empresas de tecnologia não deveriam ser obrigadas a criar vulnerabilidades nas tecnologias que tornam as informações de seus usuários seguras. As empresas do RGS mantêm-se comprometidas a oferecer às autoridades a ajuda de que eles necessitam, mas ainda protegendo a segurança de seus clientes e das informações de seus clientes”, diz o comunicado.

Além da Microsoft, o RGS inclui outras empresas gigantes, que inclui Dropbox, Facebook, LinkedIn, Twitter, Yahoo, Evernote e AOL. Todas elas estão se colocando do lado da Apple na disputa contra a ordem judicial para criar uma brecha proposital na encriptação do iPhone.

Ainda não se sabe se a Microsoft vai oferecer algum tipo de demonstração pública de suporte à parte, por meio de um comunicado de Satya Nadella. Brad Smith, diretor legal da companhia, compartilhou o comunicado da RGS pelo Twitter, e foi retweetado por Nadella, então é provável que as demonstrações parem por aí.

Via The Verge 

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *