Últimas

Morre, aos 98 anos, George Gaynes, ator da série "Punky, a Levada da Breca"

Morreu aos 98 anos o ator George Gaynes, conhecido pelo seu papel de Arthur Bicudo na série “Punky, a Levada da Breca”, e por ter interpretado o comandante Eric Lassard na franquia “Loucademia de Polícia”. Ele também fez parte do elenco de “Tootsie” (1982), filme no qual tinha uma queda pela personagem travestida interpretada por Dustin Hoffman.

De acordo com a revista Variety, Gaynes morreu na última segunda-feira (15), em North Bend, Washington, nos EUA. A causa da morte não foi divulgada. 

Apesar de ter durado apenas quatro temporadas e 88 episódios, “Punky, a Levada da Breca” fez muito sucesso no Brasil, sendo reprisado à exaustão pelo SBT. Nos EUA, a série foi ao ar originalmente entre 1984 e 1988.

Gaynes também participou dos sete filmes da franquia “Loucademia de Polícia”, rodados entre 1984 e 1994. Seu último trabalho no cinema foi como o padre Robert em “Recém-Casados” (2003), estrelado por Ashton Kutcher e Brittany Murphy.

Nascido na Finlândia, George Gaynes iniciou sua carreira nos palcos da Itália e da França na década de 40 e depois da II Guerra Mundial mudou-se para os Estados Unidos, onde sua carreira continuou a ascender na década seguinte. Em 1982, Gaynes interpretou o ator John Van Horn em Tootsie. De 1984 a 1988 ele estrelou a série “Punky, A Levada da Breca”, como o pai adotivo de Punky. De 1985 a 1986, ele também fez a dublagem do personagem no desenho animado baseado na série.

Casado desde 1953 com a atriz canadense Allyn Ann McLerie, 89, Gaynes deixa uma filha, uma neta e duas bisnetas. O ator perdeu um filho em um acidente de carro, em 1989.

Punky lamente morte do “pai adotivo”

Após o anúncio da morte de Gaynes, a atriz Soleil Moon Frye, que interpretou a protagonista Punky Brewster no famoso seriado, usou seu perfil no Instagram para prestar uma homenagem ao seu pai adotivo da ficção.

“Quando reflito sobre alguns dos momentos mais divertidos da minha vida, eles foram compartilhados com este homem incrível. O universo ganhou uma estrela gigante. Você está em meu coração e em minha alma para todo o sempre. Sua pequena Punky. RIP George Gaynes. Amor à sua família”, escreveu ela.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *