Últimas

Morre no Chama, Vilma da Silva, mulher que sofreu descarga elétrica na AL-220

Morreu na noite desta segunda-feira (22), no Centro Hospitalar Manoel André (CHAMA), às 21h45, Vilma da Silva, que sofreu uma descarga elétrica ao atravessar a Avenida José Alexandre, AL-220, no dia 1º de dezembro de 2015.

No CHAMA, Vilma da Silva ficou 68 dias internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em coma induzido. Familiares e amigos lamentaram a morte da analista de recursos humanos da empresa Mafrios.

A notícia logo se espalhou nas redes sociais, quando o irmão de Vilma, Edinaldo Santos, publicou o lamento da família pelo falecimento.

Segundo informações apuradas pelo Portal 7Segundos, o velório de Vilma acontecerá na sede do Coral Sons e Dons, do qual ela fazia parte e fica na Rua Tancredo Neves, no bairro Alto do Cruzeiro.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No dia 29 de dezembro do ano passado, a filha de Vilma da Silva, Maysa Karen da Silva Lima, de 22 anos, falou ao 7Segundos sobre o estado delicado da saúde da mãe. No entanto, ela disse que a família tinha esperança na recuperação de Vilma.

Na ocasião, Maysa da Silva dissera que os médicos não são positivos quanto à recuperação da mãe, mas que todos tinham muita fé em Deus e aguardavam uma melhora no seu quadro clínico.

“O choque que ela levou atingiu todo o sistema neurológico”, relatou a filha.

No quadro “Saiba Mais” você poderá acompanhar as matérias que o 7 Segundos fez sobre o caso Vilma, vítima de uma descarga elétrica, atingida no meio de uma travessia que lhe custou a própria vida.

Por: 7 Segundos

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *