Últimas

Na chuva e após pausa de 1h30, Nadal vence na estreia do Rio Open

  • Luiz Pires/FOTOJUMP

A chuva não deu trégua à estreia de Rafael Nadal no Rio Open, nesta terça-feira (16). O duelo contra o também espanhol Pablo Carreno Busta chegou a ser paralisado por 30 minutos, logo após o final do primeiro set. No retorno, o ex-número 1 do mundo fechou a partida em 2 a 0, parciais de 6/1 e 6/4.

A indefinição sobre o andamento da partida durou quase uma hora e meia. Às 23h30, a organização anunciou que o duelo continuaria. Antes disso, o Rio Open já havia cancelado o confronto entre Jo-Wilfred Tsonga e o brasileiro Thiago Monteiro.

“Foi um bom teste para começar, estou muito feliz com a vitória com essas condições complicadas”, afirmou Nadal ao “Sportv”. O espanhol minimizou o problema relacionado à chuva: “Faz parte do nosso esporte. Quando chove, em uma quadra de saibro, o terreno fica mais pesado”.

Na próxima rodada, Nadal enfrentará o também espanhol Nicolás Almagro, que venceu Daniel Munoz De La Nava por 2 sets a 1, parciais de 6/1, 3/6 e 6/4.

No primeiro set, Nadal não a menor chance ao compatriota. Logo no segundo game, o ex-número 1 do mundo já conseguiu uma quebra. Firme em seu saque, Nadal mais uma vez superou o serviço de Pablo Carreno Busta e abriu vantagem para fechar o primeiro set em 6 games a 1.

O segundo set começou mais equilibrado. Apesar de Nadal ter conseguido a quebra logo no terceiro game, Carreno Busta a devolveu logo no seguinte. Na sequência, o ex-número 1 do mundo voltou a quebrar o saque do rival e a partida foi novamente paralisada por causa da chuva. Dessa vez, no entanto, o jogo foi rapidamente retomado apesar da leve chuva.

Assim que o jogo voltou, Carreno Busta conseguiu mais uma quebra sobre Nadal, empatando novamente o segundo set. E na sequência de quebras, foi a vez do ex-número 1 do mundo superar o serviço do adversário. A partir daí, o domínio passou a ser de Nadal. Firme em seu saque, ele não deu chances a Carreno Busta, confirmou seu serviço e jogou pressão sobre o rival.

Carreno Bausta chegou perto de ter seu serviço quebrado, mas conseguiu confirmá-lo. Na sequência, no entanto, Nadal não deu brechas e fechou o segundo set em 6 games a 4 e a partida em 2 sets a 0.

Competindo pela terceira vez no Rio Open, Rafael Nadal busca seu segundo título no torneio. Em 2014, ele foi campeão ao derrotar Alexandr Dolgopolov na final. No ano seguinte, o espanhol acabou caindo na semifinal para o italiano Fabio Fognini.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *