Últimas

Nadal perde para Cuevas e é eliminado do Rio Open

Rio de Janeiro, 21 Fev 2016 (AFP) – O espanhol Rafael Nadal, primeiro cabeça de chave e favorito ao título, foi surpreendentemente eliminado nas semifinais do Rio Open pelo uruguaio Pablo Cuevas, em longa partida de quase três horas e meia, nesta sábado no Rio de Janeiro.

Cuevas, que foi mais consistente que o espanhol durante toda a partida, venceu a partida em três sets, parciais de 6-7, 7-6, 6-4.

Na final, o uruguaio fará um duelo sul-americano contra outra surpresa do torneio, o argentino Guido Pella, que mais cedo eliminou o austríaco Dominic Thiem em dois sets, 6-1, 6-4.

Para vencer Nadal, Cuevas, de 30 anos e número 45 do mundo, se mostrou em noite inspirada e, na base de sua ótima esquerda e contando com um saque preciso (11 aces), brigou de igual para igual com o espanhol, jogando a partida mais longa (2h28) da história do Rio Open, repleta de quebras de serviço (7 para Nadal, 10 para Cuevas).

Os dois primeiros sets foram decididos nos detalhes dos tie-breaks, com Nadal levando a melhor no primeiro (8/6), enquanto Cuevas deu o troco no segundo (7/3).

Na terceira e decisiva parcial, porém, Cuevas mostrou que vivia noite inspiradíssima e foi logo quebrando o serviço de Nadal e abrindo 3-1. Em seguida, o uruguaio segurou o ímpeto de ‘Rafa’ e se vingou do espanhol, que o havia derrotado nas quartas de final do Rio Open no ano passado.

Após uma temporada sul-americana melancólica, sendo derrotado no último sábado nas semifinais do ATP 250 de Buenos Aires, Nadal viaja agora para os Estados Unidos, onde disputa o Masters 1000 de Indian Wells.

– Melo e Soares eliminados nas duplas -A torcida carioca, apaixonada por Nadal, teve outra grande decepção neste sábado com a eliminação nas semifinais nas duplas de Marcelo Melo e Bruno Soares, derrotados pelos espanhóis Pablo Carreño Busta e David Marrero, 6-2, 3-6, 10-7.

O público, que lotou a charmosa quadra 1 do Jockey Club do Rio de Janeiro e fez bonita festa, acabou testemunhando uma atuação ruim da dupla brasileira, que não encontrou seu saque e deu de cara com dois espanhóis inspirados do fundo de quadra, acertando diversos winners em belas passadas.

Marcelo, tenista número 1 do mundo do ranking de duplas, e Bruno, campeão do Aberto da Austrália no início do ano, também formarão dupla nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em agosto, e são tidos como grandes favoritos à medalha.

“Já falamos sobre isso. Sabemos que teremos que conviver com essa pressão, que ser eliminado nas semifinais de um Masters 1000 já não é suficiente. Vamos continuar no nosso caminho, fazendo nosso melhor”, afirmou Marcelo Melo, em relação às expectativas dos torcedores brasileiros.

– Schiavone e Rodgers fazem final feminina -Mais cedo, a italiana Francesca Schiavone, de 35 anos e campeão de Roland Garros em 2010, se classificou à final do Rio Open ao derrotar a croata Petra Martic em dois sets, duplo 6-3.

Domingo, na decisão do torneio, a italiana, atual número 132 do mundo, enfrentará na final a americana Shelby Rodgers, que na outra semifinal superou a romena Sorana Cirstea, 6-4, 6-4.

Schiavone, obrigada a lutar por três sets e duas horas e meia para derrotar a holandesa Cindy Burger nas quartas de final, na sexta-feira, encontrou muito menos resistência contra Martic, 162ª do ranking WTA, vencendo em uma hora e 10 minutos.

A veterana italiana, que no auge da carreira chegou a ser a 4ª melhor tenista do mundo (2011), terá no domingo a oportunidade de suceder como campeã do Rio Open à compatriota Sara Errani, que ergueu o troféu no ano passado. A final será a primeira de Schiavone desde que conquistou seu sexto título na carreira, em Marrakech, em 2013.

– Resultados deste sábado no Rio Open:

. Simples Masculino (Semifinais):

Pablo Cuevas (URU) x Rafael Nadal (ESP/N.1) 6-7, 7-6, 6-4

Guido Pella (ARG) x Dominic Thiem (AUS/N.5) 6-1, 6-4

. Simples Feminino (Semifinais):

Francesca Schiavone (ITA) x Petra Martic (CRO) 6-3, 6-3

Shelby Rogers (EUA) x Sorana Cirstea (ROM) 6-4, 6-4

am

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *