O que esperamos (ou não) do iPhone 5se, a novidade de 4" da Apple

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Está praticamente impossível esconder a existência de novos produtos do mercado de telefonia móvel, incluindo o parcialmente misterioso iPhone 5se. Este aparelho celular está sendo ligado à Apple como sua nova tentativa de conquistar os clientes que não gostam de telas grandes, ou simplesmente preferem um dispositivo portátil mais compacto, reduzindo as dimensões de sua principal linha de smartphones para criar uma versão com display de 4 polegadas. Há uma saga de vazamentos, especulações e demais boatos em relação ao modelo, então facilitamos a vida de quem acompanha fielmente as notícias da Maçã ao montar uma lista do que esperamos para o suposto futuro produto compacto da gigante de Cupertino. Acompanhe abaixo as visões preliminares sobre o gadget.

Design já conhecido da Apple

Apesar de ser uma completa novidade, o tal iPhone 5se chegaria às prateleiras com o visual já conhecido pelos fãs da Maçã. Conforme a primeira imagem do modelo sugere, a versão de quatro polegadas da série mobile da Apple teria exatamente a mesma aparência usada no iPhone 6 e iPhone 6s, além das versões phablets, com o Plus no nome. Isto inclui bordas laterais e cantos arredondados, priorizando a ergonomia na hora de segurar o dispositivo por longos períodos de tempo, display protegido pelo vidro 2.5D, ganhando uma aparência curva em suas extremidades, e os demais fatores que caracterizam os gadgets mais recentes da empresa liderada por Tim Cook, exceto pelas proteções das antenas, as linhas polêmicas na parte traseira dos aparelhos, que devem ser abandonadas pela marca estadunidense.

Leitor de impressões digitais

Ao contrário do iPhone 5c, lançado junto ao iPhone 5s, porém sem um sensor biométrico, estima-se que o iPhone 5se desfrute de todas as capacidades do TouchID, o leitor de impressões digitais da Apple. Desta forma, dê adeus às senhas, padrões e demais quebra-cabeças na liberação do iOS, precisando apenas cadastrar suas informações únicas para ter acesso à interface. Isto também está ligado com o tópico acima, mantendo o design padrão dos produtos modernos da gigante de Cupertino, onde o pequeno quadrado cinza, uma vez centralizado no botão home de dispositivos iOS, estará ausente. O fato reforça a ideia de que a novidade será mais barata, sim, porém não acessível, apenas uma opção mais em conta aos interessados.

3D Touch?

O 3D Touch também é uma boa opção para o iPhone 5se. Lançado no Apple Watch e MacBook sob o nome de Force Touch, tal tecnologia permite que a tela identifique diferentes níveis de pressão aplicados pelos dedos do usuário, oferecendo mais funções para um único botão ou qualquer elemento digital mostrado pelo iOS. A presença deste método sensorial, por outro lado, seria responsável pelo encarecimento do modelo, o que pode não estar nos planos da Maçã, portanto será interessante acompanhar o que será priorizado, e o que será deixado de lado pela gigante de Cupertino. Se for para chutar, o mais próximo seria imaginar que a companhia cofundada por Steve Jobs deixaria o 3D Touch apenas para os modelos mais caros de sua linha.

Especificações técnicas de qualidade

Não espere por um smartphone de baixo desempenho, só porque suas dimensões são reduzidas. Os boatos mais recentes sobre o iPhone 5se o ligam a uma lista de especificações técnicas similar a do iPhone 6s, porém com uma mudança para melhor: a presença de 3 GB ou 4 GB de RAM. Desta forma, o chipset usado pela Apple atualmente, A9, incluindo o processador de dois núcleos rodando a 2,0 GHz e a PowerVR GT7600 como placa gráfica, e o coprocessador de movimento M9, seriam aspectos padrões da versão de 4 polegadas. Ainda assim, especula-se a disponibilidade de apenas duas opções na hora da compra: a de 16 GB e a de 64 GB de memória para o armazenamento interno.

Precinho camarada?

Não. Nem pense nisso. É muito improvável que o plano da Apple seja entrar no mercado acessível de telefonia móvel, pois já é bem comum em seu país de origem, Estados Unidos da América, por exemplo. Sabendo disto, espere por um valor igual ou maior em relação ao iPhone 5c. Na época, o aparelho celular de plástico feito com estampa de maçã desembarcou nas varejistas por US$ 349, ou R$ 1.360, usando a cotação atual do dólar como base de conversão e ignorando os impostos brasileiros. Em território tupiniquim, a situação é ainda menos animadora, onde o modelo deve ultrapassar facilmente a marca de R$ 2 mil, levando em conta os padrões praticados pela Maçã no momento, onde um único smartphone pode chegar a R$ 4 mil.

Lançamento em março

Caso tudo ocorra como o esperado, Apple irá realizar um evento especial em 15 de março para servir como palco de apresentação formal do iPhone 5se, embora esta data ainda possa ser mudada até lá, de acordo com fontes alegadamente próximas ao assunto. Ainda assim, a Maçã se reserva o direito de poder transformar a cerimônia em ‘apenas’ um anúncio virtual, então é preciso aguardar por mais informações oficiais antes de marcar o dia no calendário. De fato, na mesma festividade, a companhia estadunidense ainda pode estrear o iPad Air 3, uma espécie de iPad Pro 3 em dimensões menores, e a segunda geração do Apple Watch. Aguardaremos até lá para maiores detalhes.

(atualizado em 09 de fevereiro de 2016, às 21:18)

<!–

Se curtiu, compartilhe!

setTimeout(“loadSocialButtons()”, 300);
–>
Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *