O sertanejo dominou Salvador, diz Diego

Os dois revelaram que sonham em ter um trio elétrico próprio no Carnaval de 2017

Aline Küller, de Salvador |

10/02/2016 – 01:11

| Atualizado em 10/02/2016 – 01:16

O axé ainda domina o Carnaval de Salvador, mas outros ritmos agora também fazem parte da playlist da festa e dividem a preferência dos foliões. O sertanejo é um dos gêneros que ganhou força na Bahia.

Diego, da dupla Henrique & Diego, diz que o sucesso do estilo musical é merecido e já conquistou o público que frequenta a capital baiana durante essa época do ano.

Veja Também

“Não sei se o sertanejo vai dominar o mundo, mas Salvador eu acho que já está dominado dessa vez. Graças a Deus o sertanejo está tendo as oportunidades que faltavam para mostrar a nossa cara, nossa musicalidade, e não só o nosso lado romântico, mas exibir também o lado dançante e agitado, que é cara de Salvador”, afirmou.

A dupla, que se apresentou no camarote Planeta Band Othon, afirmou que assim como Jorge & Mateus também sonha puxar um trio elétrico e que esse é o principal desejo para 2017.

“Muitos anos atrás, nós sonhávamos com algumas coisas e as pessoas nos chamavam de doidinhos, mas como falam alguns artistas por aí, nada acontece à toa, tudo tem o tempo certo. Deus nos abençoou e já vamos completar 20 meses realizando todos os nossos sonhos. Ano que vem é o sonho do trio. Esse ano, era cantar no Rio de Janeiro e em Salvador, já está legal para caramba. Cantar sete, oito horas é o nosso foco”, afirmou Henrique.

E o sertanejo garante que eles conseguem aguentar a maratona com tranquilidade: “Temos pique desde criancinha, o pessoal acha que a gente começou ontem, mas eu e o Diego viemos de uma escola, em que o Diego puxava escola de samba, então eram quatro, cinco horas cantando por dia. E também, com 18 anos de idade, tínhamos uma banda baile, em que cantávamos quatro horas por dia e eram cincos dias cantando. É a mesma coisa que acontece aqui em Salvador, mas não com essa mídia e com essa energia toda aqui, nós cantávamos axé, reggae, pagode, tudo misturado”.

A música Suíte 14 foi a responsável por levar a dupla ao topo das paradas de sucesso. Henrique afirmou que se surpreendeu com a projeção da carreira após o lançamento da canção.

“Você vem de um trabalho de mais de 12 anos vendo as coisas acontecerem devagar, aí uma música dá uma guinada para o bem. Não é que choca, mas te faz dormir vários dias com os olhinhos brilhando, faz você poder chegar a cantos do Brasil e não acreditar que a música está tão grande, tá sendo tão cantada”, contou.

Fonte: Band.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *