Últimas

OMS recomenda sexo seguro ou abstinência em regiões afetadas por zika

WHO Interim guidance and recommendations: Prevention of potential sexual transmission of ZikaVirus https://t.co/yfdCU0MxEG

— WHO (@WHO) 18 fevereiro 2016

A Organização Mundial da Saúde fez uma recomendação nesta quinta-feira a quem estiver em regiões afetadas pela zika. De acordo com o guia lançado pela OMS, é preciso evitar sexo desprevenido ou até mesmo se abster de manter relaçoes em zonas atingidas pela doença por, no mínimo, quatro semanas. A informação é da Deutsche Welle.

O guia, intitulado “Prevenção da potencial transmissão sexual do zika”, faz a mesma recomendação a moradores dessas áreas, sem mencionar, entretanto, um tempo mínimo.

A recomendação da OMS se baseia no fato de que a maior parte das contrações do vírus zika é assintomática. Há também a possibilidade que aconteça transmissão por via sexual.

A organização também pede que grávidas utilizem preservativos ou se abstenham de manter relações sexuais durante a gestação, além de defender um maior acesso a métodos anticoncepcionais de emergência, como a pílula do dia seguinte.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *