Últimas

Pênalti em dois tempos de Messi já foi feito antes. E nem sempre deu certo

Pênalti em dois tempos nem sempre deu certo

Causou surpresa a cobrança de pênalti de Messi na goleada do Barcelona contra o Celta, 6 a 1. Em vez de chutar ao gol, o craque argentino tocou a bola para Suárez, que finalizou com êxito. Embora estranha, a jogada não é nova.

Johan Cruyff já havia convertido pênalti dessa maneira. O lance ocorreu em 1982; Cruyff defendia o Ajax contra o Helmond Sport. O holandês tocou de lado para Olsen, que devolveu para o chute de Cruyff.

O pênalti cobrado por Messi contra o Celta, aliás, teria sido em homenagem a Cruyff.

Mas nem sempre deu certa a tática de converter o pênalti em mais de um toque. Defendendo o Arsenal na temporada de 2005, o francês Pires tentou tocar para Henry na cobrança. Mas Pires errou o toque e a bola ficou parada na sua frente, sendo recuperada pelos adversários.

O pênalti em dois tempos deu certo em duelo pela terceira divisão da Eslováquia (veja vídeo acima).

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *