Últimas

Polícia abre inquérito para investigar acidente na praia do Pontal do Peba

Um homem morreu após ser arremessado da carroceria de uma pick-up. Veículo deu cavalo de pau na areia e capotou; três pessoas ficaram feridas

 

A polícia de Piaçabuçu, município da região do Baixo São Francisco alagoano, abriu inquérito para investigar a morte de um homem que faleceu após ser arremessado da carroceria de um veículo que circulava na areia da praia do Pontal do Peba e capotou.

O acidente, ocorrido no domingo (21), deixou outras três pessoas feridas, além de causar a morte do servente de pedreiro Adriano dos Santos, de 33 anos.

Segundo policiais da delegacia da cidade, o  caso está sendo tratado como acidente e não como homicídio. Em um vídeo gravado no local é possível assistir o desespero dos envolvidos no acidente.

A mãe de Adriano, dona Neuza, não se conforma que o motorista, conhecido apenas como ‘Cascão’, esteja em liberdade. Ela diz que o motorista que teria dado o cavalo de pau apanhou Adriano em casa, na cidade de Igreja Nova, na noite de sábado para irem a uma festa.

“Só Deus em que sabe o quanto já chorei hoje. Ao abir a a porta do quarto e saber que ele não está mais lá. Eu não esperava essa morte dele” diz Neuza.

A polícia de Piaçabuçu relata que Cascão esteve presente na delegacia no mesmo dia do acidente e que os policiais que estavam no local não teriam realizado o teste de alcoolemia por falta de material para realizar o exame de bafômetro, mas consta o registro que ele não parecia estar embriagado.

Fiscalização
O 11º Batalhão da Polícia Militar de Penedo, que também realiza monitoramento na praia do Pontal do Peba, afirma que a fiscalização na área onde ocorreu o acidente é de competência do Batalhão de Polícia Ambiental, e que quando realiza abordagens no local é para verificar a documentação dos veículos e condutores.

A falta de fiscalização no local é uma realidade antiga. Uma reportagem da TV Gazeta, realizada em setembro de 2015, já mostrava o risco que os banhistas correm com a quantidade de veículos circulando na faixa de areia

Os veículos  geralmente passam sem respeitar o limite de velocidade de 30 km, indicado nas placas espalhadas em vários pontos da praia. De acordo com a secretária de turismo de Piaçabuçu, Adriene Marinho, o local onde ocorreu o acidente fica uma área de proteção ambiental, por isso a dificuldade de se fazer uma fiscalização mais efetiva.

“O município de Piaçabuçu não tem domínio total sobre a praia do Pontal do Peba. Por se tratar de uma APA dependemos do Instituto Chico Mendes e da Polícia Milita Militar. No entanto, já estamos marcando uma reunião para tentar disciplinar a circulação de veículos na praia. Falo isso porque a região é turística e a população depende da circulação desses carros pela praia”, diz a secretária de Comércio e Turismo de Piaçabuçu, Adriene Marinho.

 

G1

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *