Últimas

Presidente do PT diz que denúncias contra FHC têm de ser investigadas

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, afirmou na noite desta sexta-feira, em ato do PT municipal paulistano, que as denúncias contra o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, de que teria repassado recursos a uma ex-amante através de uma empresa, a Brasif, precisam ser apuradas.

“Não quero entrar na vida pessoal de ninguém, mas se é verdade que houve utilização de empresa para pagar salário de forma irregular, seja de quem for, tem que se investigar também”, afirmou o dirigente nacional do partido, sem citar nominalmente o ex-presidente tucano.

Reportagem da Folha de S.Paulo trouxe denúncia de que a ex-amante de FHC Mirian Dutra teria recebido mesada do tucano através de um contrato fictício com a Brasif. Rui Falcão voltou a defender Lula nos casos do sítio em Atibaia e do tríplex de Atibaia. E reforçou a posição da legenda quanto ao que o PT classifica de “vazamentos seletivos” e ao que consideram o fim do direito de habeas corpus – o PT critica a Lava Jato pelo uso das prisões preventivas.

A legenda de Lula também critica o que considera uma condenação pública do ex-presidente petista antes de haver a devida averiguação. “O que valeu contra Lula, contra Vaccari, pode valer um dia contra cada um de nós. Temos que ser implacáveis com denúncias de corrupção, mas dentro dos marcos do Estado de direito.”

Em setembro, o ex-tesoureiro do PT João Vaccari foi condenado em primeira instância na Lava Jato a 15 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *