Presos em Delmiro Gouveia cinco acusados de integrar quadrilha responsável por sequestros no Rio de Janeiro

Prisões foram realizadas por policiais civis cariocas, com apoio de equipes alagoanas da DEIC e 1ª-DRP

 

Cinco pessoas acusadas de sequestros no estado do Rio de Janeiro foram presas, na tarde desta quarta-feira (3), na cidade de Delmiro Gouveia. Os presos foram identificados como Erik Neverson Lima Silva (Nelson), Denison Levi Souza da Silva (Banana), Natanael Lima (Natan); Daniel Ângelo Henrique e Eduardo Ângelo Mendes.

Os acusados foram presos em uma ação que envolveu policiais civis da Delegacia de Inteligência e Capturas (DEIC), Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP) e 146ª Delegacia de Polícia da capital carioca. Três deles foram detidos no bairro Novo e os outros dois na cidade de Paulo Afonso, na Bahia.

Erik, Denison, Natanael, Eduardo e Daniel são apontados como integrantes de uma quadrilha responsável por pelo menos seis sequestros e roubo de veículos utilizados nos crimes. Eles estariam se organizando para praticar os mesmos delitos em Alagoas.

Segundo a investigação, depois de chegar a Delmiro Gouveia, em dezembro do ano passado, Daniel Ângelo, apontado como líder da quadrilha, estava tentando convencer dois jovens que não tiveram os nomes divulgados a integrarem o grupo criminoso, com o objetivo de enviá-los ao Rio de Janeiro para continuarem cometendo crimes.

Um dos jovens revelou para a polícia que Daniel mantinha uma vida de ostentação, promovendo constantes farras para amigos, onde chegava a gastar cerca de R$ 1 mil em cada uma. Ele disse que presenciou o acusado pagar à vista a compra de uma moto no valor de R$ 22 mil.

Todos os presos foram levados para a 1ª-DRP, onde foram autuados em flagrante delito pelo crime de formação de quadrilha e depois foram encaminhados para a sede da DEIC, em Maceió. Daniel já tinha mandado de prisão em aberto, expedido pela Justiça carioca.

Os mandados de prisão foram cumpridos por equipes policiais dos delegados Manoel Acácio Júnior (DEIC), Rodrigo Rocha Cavalcanti (1ª-DRP) e Luiz Mauricio Armond (146ª – DP).

Os trabalhos foram coordenados pelo delegado-geral da Polícia Civil (PC/AL), Paulo Cerqueira, que assegurou todo o aparato de agentes e viaturas que deram apoio à ação da equipe policial carioca.

 

Por Minuto Sertão

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *