Últimas

Retrato falado do caso Beatriz será apresentado nesta segunda

A Policia Civil apresenta nesta segunda-feira (22) o retrato falado do supeito pelo crime contra a menina Beatriz Angelica Mota, de 7 anos, assassinada durante uma festa de formatura no Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, na cidade de Petrolina, em 10 de dezembro do ano passado.

Neste domingo, a Polícia Federal de Pernambuco emitiu nota neste domingo (21) depois de pleitos de que ela apoiasse as investigações, mas informou que não há autorização para que o caso Beatriz Mota fique a cargo de investigação federal. Em visita a Juazeiro na última sexta-feira (19), a presidente Dilma Rousseff ouviu do prefeito da cidade que um pleito para a PF assuma o caso foi entregue ao Ministério da Justiça. A PF-PE ressaltou que, se ficar sob responsabilidade federal, Petrolina integra a cobertura da PF da Bahia.

Beatriz Mota foi assassinada a facadas no dia 10 de dezembro de 2015 no Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, em Petrolina, e gerou comoção no estado, principalmente na cidade. Ela estava acompanhava do pai, o professor de inglês Sandro Romildo, que leciona na escola, e também da mãe, Lúcia Mota, em uma solenidade de formatura. Enquanto as pessoas participavam da festa, a criança desapareceu. O pai chegou subir ao palco, montado na quadra, para pedir ajuda das pessoas para localizar a filha. A criança acabou sendo encontrada morta minutos depois por trás de armários de uma sala de material esportivo, que estava desativada, ao lado da quadra onde ocorria a solenidade.

De acordo com a Polícia, a arma usada no crime, uma faca tipo peixeira, foi encontrada encravada no abdômen da criança. Após a descoberta, houve correria e tumulto no pátio. As pessoas sairam correndo chorando e em pânico. O Instituto de Criminalística também esteve na escola para periciar o local do crime.
Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *