Últimas

Revezamento? Não. Argel troca jogadores no Inter baseado no rendimento

Argel não cansa de substituir jogadores no Internacional. Na função deixada em aberto por D’Alessandro, Alex e Anderson revezam titularidade. No ataque, Vitinho, lesionado, viu Aylon não dar espaço para outros atletas. Mas as trocas não são motivadas por revezamento, e sim por rendimento no time. 

“Não tem revezamento ou poupar jogadores, é dar oportunidade. É diferente. A performance que dá o lugar no time. O Aylon tá jogando porque está bem. Não é algo pensado. Estamos procurando uma equipe base titular, e não é em 40 dias que se vai definir isso. Estamos no começo do trabalho, estamos dando oportunidade, buscando os resultados”, explicou Argel em entrevista coletiva. 

Nem mesmo quando usou equipe totalmente reserva, Argel aceita o termo ‘revezamento’, um dos mantras de seu antecessor, Diego Aguirre. Segundo o atual técnico do Internacional, o time foi alternativo para que ele pudesse observar todos os atletas. 

Foi em oportunidades assim que o time gaúcho encontrou a solução para ausência de Vitinho no ataque. Aylon começou a marcar gols e se firmou no time. Agora até disputa vaga quando o considerado titular voltar do departamento médico. 

Neste sábado, contra o Cruzeiro-RS, será a chance de Alisson Farias. Marquinhos, lesionado, deixa o time e o mais jovem poderá, quem sabe, colocar dúvidas na cabeça do técnico que diz procurar o esquema ideal. 

No meio-campo, Anderson segue titular e Alex na reserva. O último treinamento para o jogo foi realizado na manhã desta sexta-feira. 

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *