Últimas

Sanders admite derrota em Nevada e já pensa na Super Terça

Las Vegas (EUA), 20 fev (EFE).- O senador por Vermont Bernie Sanders reconheceu neste sábado a vitória da ex-secretária de Estado americana Hillary Clinton no caucus democrata de Nevada, mas expressou sua esperança de mudar a situação na chamada Super Terça.

“Telefonei para Hillary Clinton para parabenizá-la por sua vitória”, disse Sanders para seus seguidores, lembrando que há apenas cinco semanas estava a 40 pontos percentuais de sua rival pela candidatura presidencial democrata.

O senador, que se considera um “democrata socialista”, afirmou que hoje mesmo esta partindo para a Carolina do Sul, a próxima reunião do processo de primárias democratas, e que em 1º de março, quando acontece a “Super Terça”, acredita que têm “chances em muitos dos estados” em jogo.

Nessa data são realizadas as primárias democratas em Alabama, Arkansas, Colorado, Geórgia, Massachusetts, Minnesota, Oklahoma, Tennessee, Texas, Vermont (seu estado) e na Virgínia, o que pode clarear o panorama na luta que trava com Hillary.

Na primeira data do calendário de primárias, no dia 2 de fevereiro no caucus de Iowa, a ex-primeira dama venceu por apenas um décimo Sanders; no dia 10, em New Hampshire, o senador por Vermont ganhou com uma 60,4% dos votos contra 37,95% de Hillary.

Em seu discurso, Sanders voltou a criticar o sistema de financiamento de campanhas políticas, que qualificou de “corrupto”, dominado pelos SuperPACs, grupos de interesse que arrecadam fundos para um ou outro candidato.

Ele também disse que os EUA têm “um sistema de justiça criminal quebrado”, que precisa de uma reforma e que é preciso devolver a justiça ao sistema penal.

Finalmente, Sanders também destacou o apoio que está recebendo do eleitorado mais jovem, e agradeceu a quem votou nele em Nevada.

Com 82% dos votos apurados, a ex-secretária de Estado contava com 52,2% do apoio contra 47,7% de Sanders.

A próxima reunião dos candidatos democratas é no sábado que vem na Carolina do Sul, onde Hillary conta com uma sólida vantagem, segundo as pesquisas.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *