Últimas

Santos marca no fim e arranca empate do Novorizontino fora de casa

Confuso. Assim foi o jogo entre Novorizontino e Santos, na noite deste sábado, em Novo Horizonte. Com os dois times abertos e indo ao ataque, o Peixe começou vencendo, o Tigre virou, mas o jogo acabou em 3 a 3, disputado até o apito final.

Com um Santos sem Paulinho, o lema do técnico Dorival Júnior foi: quem não tem Robinho (que acertou com o Atlético-MG), caça com Patito. Porém, a ideia em colocar o atacante argentino durou pouco mais de 45 minutos.

Já o Novorizontino tinha o próprio cão, que na beira do campo, com o policiamento, chegou a assustar Gabigol com latidos e teve que deixar o gramado junto da Polícia Militar.

Dentro das quatro linhas, era Deda o responsável em ser o cão de guarda da defesa, no entanto, Gabriel se recuperou do susto e, aos 39 minutos da primeira etapa, abriu o placar após belo lançamento de Renato e passe de Ricardo Oliveira.

O time da casa mostrou que não só ladra, mas morde! Logo aos 7 minutos da primeira etapa, Gabigol deixou Paulinho livre para avançar, que chutou e viu a bola sobrar para Pereira empatar a partida.

A partir daí, o jogo ficou aberto e nem o técnico Guilherme, do Novorizontino, nem Dorival Júnior, recuaram suas equipes.

Sem conseguir alcançar seus companheiros, Lucas Lima correu, driblou quatro marcadores, invadiu a área e deixou o Peixe na frente do marcador novamente.

Foi aí que o técnico Guilherme avançou ainda mais o Tigre e colocou Fagner e Lima em campo. O primeiro respondeu aos 22 da segunda etapa, e após bom passe de Rayllan, venceu Vanderlei para empatar.

Já Lima, mostrou resultado quatro minutos depois e de longe acertou um chute por cima de Vanderlei, deixando o Novorizontino na frente.

A 8 minutos do fim, o Santos ganhou uma falta próxima à área, e Victor Ferraz mostrou que valeu a pena as repetições diárias. Na bola parada, ele garantiu o 3 a 3 e livrou o Peixe de conhecer sua primeira derrota no ano. Já o Tigre ainda não sabe o que é vencer no Paulistão.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *